Frio intenso no sul do Brasil: O que esperar nos próximos dias?

O Sul do Brasil enfrenta um frio extremo com temperaturas abaixo de zero! Neve ou chuva congelada podem chegar nesta semana. Fique preparado para o inverno rigoroso que chega com tudo e saiba mais sobre esse fenômeno.

Frio intenso no sul do Brasil: O que esperar nos próximos dias?
Frio intenso no sul do Brasil: O que esperar nos próximos dias? – Crédito: FABIAN RIBEIRO LEAL/MetSul

O amanhecer desta terça-feira no Sul do Brasil trouxe um ar gélido, especialmente no Rio Grande do Sul, onde a temperatura despencou para marcas negativas. Registros de até −4.2 °C foram observados, trazendo a paisagem característica de inverno severo para diversas cidades gaúchas. Esta sensação de congelamento é resultado da chegada de uma nova massa de ar polar, já prevista pelos meteorologistas.

Publicidade

Desde as primeiras horas do dia, várias regiões acordaram sob um manto de frio extremo. Cidades como Dom Pedrito e Quarai foram algumas das que registraram as menores temperaturas, impactando a rotina dos moradores. Além do frio, a formação de geada fez-se presente, marcando ainda mais este evento climático forte.

O que causou o frio extremo?

Este fenômeno climático não ocorreu por acaso. Já havia antecipado esta onda de frio, indicou que a intensa massa de ar polar foi a responsável por trazer estas condições atípicas para a estação. Enquanto avança, espera-se que ela continue a influenciar o clima nas regiões sudeste e centro-oeste do Brasil, diminuindo gradualmente sua intensidade.

Quais são as expectativas para as próximas temperaturas?

Durante toda esta terça-feira, as temperaturas vão se manter notavelmente baixas, inclusive nos picos do dia. Nas capitais dos estados do Sul, como Porto Alegre e Curitiba, a previsão é que a temperatura máxima não ultrapasse os 10 °C, algo bastante incomum para a época.

As previsões de neve são reais?

Embora a paisagem congele e as temperaturas caminhem para marcas negativas, a possibilidade de neve é cautelosamente avaliada pelos especialistas. As últimas simulações reduziram significativamente as chances de neve, mesmo nos pontos mais altos, como em São Joaquim e Urubici. Porém, não se descartam completamente eventos isolados de neve ou chuva congelada nesta próxima madrugada de quarta-feira (10).

Publicidade

Além do frio, um ciclone que se forma entre o Paraná e São Paulo promete manter o tempo instável, com chuvas que podem ser consideráveis ao longo da semana. Este cenário contribui para que o frio intenso não se mantenha estável, alternando com períodos de chuva que diminuem as possibilidades de geadas significativas.

Enquanto o frio extremo recua, os próximos dias, ainda reserva temperaturas baixas, com mínimas que continuam a marcar o inverno rigoroso no Sul do Brasil, mas graduadamente menos intensas. Acompanhar os próximos boletins meteorológicos será essencial para se preparar adequadamente para este inverno que promete ser memorável.

Publicidade
Siga a gente no Google Notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.