Nissan Magnite, o novo irmão mais novo do Kicks pode ter 7 lugares

É um dos modelos potenciais para substituir a Marcha na linha de montagem brasileira. Agora, um novo dado adiciona expectativa ao projeto

nissan-magnite-o-novo-irmao-mais-novo-do-kicks-pode-ter-7-lugares
(Crédito: Canva Fotos)

Há algum tempo, a Nissan Magnite se despediu do Brasil, deixando uma lacuna não só na linha de montagem, mas também na gama de modelos oferecidos por ambas as regiões.

Publicidade

Com um grande restyling, principalmente na frente, o hatchback sobreviveu no México, embora não chegue ao nosso mercado. É por isso que, no momento, podemos dizer que não há substituição, embora isso possa mudar em um futuro próximo.

Por longos meses, esperamos pela apresentação do Magnite, um mini SUV que já foi revelado na Ásia e está posicionado abaixo do Kicks. Segundo vários relatos, o pequeno utilitário esportivo deve ser produzido no Brasil para recuperar o terreno perdido, graças à conhecida plataforma CMF.

Além disso, há um projeto da Renault para produzir também um irmão mais novo do Duster (poderia ser o Kiger) e até o losango também pretende lançar um SUV maior de sete lugares que seria o Bigster.

Sabe-se que Duster será renovado como seu parceiro terá a base CMF

Notícias sobre o Nissan Magnite vêm da Ásia: a Autocar India revelou que a marca japonesa está trabalhando em um novo projeto para adicionar uma fileira extra de assentos ao mini SUV. Aparentemente, não terá nenhuma alteração estrutural ou estética, mas a ideia seria oferecer um parceiro para a Triber dentro do Grupo Renault.

Publicidade

Se a Nissan finalmente decidisse implementar o “plano Magnite” em nossa região, não só estaria mais equipada e teria mecânicas mais potentes, como também haveria uma versão com sete lugares.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.

Publicidade