Conflito Rússia x Ucrânia

Sargento russo de 21 anos é o 1º acusado de crimes de guerra

Militar é acusado de matar um homem civil de 62 anos.

sargento-russo-de-21-anos-e-o-1o-acusado-de-crimes-de-guerra
Vadim Shishimari (Crédito: Cortesia/Ministério Público da Ucrânia)

Um militar russo de 21 anos se tornou o primeiro acusado formal de cometer crimes de guerra na Ucrânia, informou nesta quarta-feira (11) o Ministério Público da Rússia.

Publicidade

O jovem, identificado como o sargento Vadim Shishimari, é acusado de matar um homem civil de 62 anos que andava de bicicleta em uma estrada. Essa é a primeira acusação de assassinato premeditado movida contra os militares russos desde a invasão da Ucrânia.

Em nota, o gabinete da procuradora-geral da Ucrânia, Iryna Venediktova, informou que o acusado está atualmente detido em solo ucraniano. Segundo a investigação, o acusado teria invadido a vila de Chupakhivka, na região norte da Ucrânia, em um carro roubado durante uma fuga.

Segundo relatos, o militar teria avistado um morador da aldeia andando de bicicleta enquanto falava ao telefone e disparou contra ele para que a posição do grupo não fosse denunciada. Em um post no Facebook, Venediktova informou que o acusado, se for condenado, poderá cumprir prisão perpétua.

Publicidade