Abrasel diz que Bares e restaurantes afastam 20% dos funcionários por gripe ou Covid toda semana

Para o presidente da Abrasel, a falta de teste de Covid-19 tem impacto significativo no desfalque das equipes que trabalham no setor

abrasel-diz-que-bares-e-restaurantes-afastam-20-dos-funcionarios-por-gripe-ou-covid-toda-semana
Chun Yong-woo, dono de um restaurante, senta-se em sua loja em 10 de janeiro de 2022 em Seul, Coreia do Sul. Os proprietários de pequenas empresas pedem a retirada do toque de recolher e outras restrições estritas da COVID-19 em restaurantes, cafés, academias e outras instalações. Sob as novas medidas Covid, o uso de restaurantes e cafés será restrito a até quatro pessoas vacinadas por visita. Bares, discotecas e outros espaços de entretenimento também estarão sujeitos às 21h00. (Foto por Chung Sung-Jun/Getty Images)

Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), os bares e restaurantes de todo o Brasil estão afastando semanalmente 20% dos funcionários por suspeita de gripe ou Covid-19.

Publicidade

Segundo Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, a falta de teste de Covid-19 tem impacto significativo no desfalque das equipes que trabalham no setor. “Preventivamente, o setor está afastando os funcionários, mas não tem como fazer teste, pois os resultados estão demorados tanto nos postos públicos, como no sistema privado”, afirmou Paulo.

Diante de algum sintoma, Solmucci disse que bares e restaurantes estão afastando os funcionários por até sete dias, embora, muitas vezes, não se trate de Covid-19, mas sim de uma rinite ou resfriado simples.

Questionado sobre uma possível redução no horário de funcionamento de bares e restaurantes, Paulo diz ser uma uma medida desnecessária, pois esses estabelecimentos podem ajustar seus horários individualmente, da melhor forma para cada negócio. Para ele, o melhor a ser feito é continuar cumprindo as medidas sanitárias e afastar funcionários com sintomas. Isso ajuda a conter o avanço da transmissão entre as equipes.

“É interessante ter trabalhadores intermitentes que possam ser acionados sempre que necessário, de maneira ágil. Isso ajuda a cobrir rapidamente as pessoas afastadas, diminuindo o impacto na rotina operacional do negócio”, afirma.

Publicidade