Activision Blizzard é comprada pela Microsoft por US$ 68,7 bilhões

A empresa é responsável por grandes franquias dos games, como “Overwatch”, “Diablo” e Call of Duty” e “Candy Crush”

Activision Blizzard é comprada pela Microsoft por US$ 68,7 bilhões
Sessões Xbox Live com Chandler Riggs para PUBG – 22 de fevereiro de 2018 (Créditos: David Becker/Getty Images for Xbox Live)

A gigante empresa Microsoft anunciou a compra da Activision Blizzard, um dos maiores estúdios de games do mundo, por US$ 68,7 bilhões de dólares. A Activision é responsável por grandes franquias dos games como “Overwatch”, “Diablo” e “Call of Duty” e “Candy Crush”.

Publicidade

“Essa aquisição irá acelerar o crescimento da Microsoft no negócio de games em dispositivos móveis, PC, consoles e na nuvem, além de oferecer tijolos para [a construção do] metaverso”, disse a empresa em comunicado.

O acordo ainda precisa ser aprovado pelos órgãos jurídicos e pelo conselho da Activision Blizzard, porém, a expectativa é que a compra se concretize em 2023. Até lá, as empresas irão operar de forma independente. Só nesta terça-feira (18), as ações da empresa Activision aumentaram mais de 30%, enquanto as da Microsoft caíram 1,5%.

Nos últimos anos, o foco da Microsoft vem sendo os jogos, principalmente durante a pandemia, quando as pessoas passam mais tempo em casa jogando. Em janeiro do ano passado, a Microsoft teve receita de mais de US$ 5 bilhões em jogos pela primeira vez.

Além de adquirir o catálogo de jogos da Activision Blizzard e seus 10 funcionários, a Microsoft pretende também trazer a base de mais de 400 milhões de jogadores da empresa para dentro de casa.

Publicidade

Foco no mobile

Por mais que a Microsoft seja conhecida no mundo dos videogames principalmente pelos consoles Xbox, a empresa destaca a importância dos jogos mobile na aquisição.

“Mobile é o maior segmento para jogos, com quase 95% dos jogadores ao redor do mundo aproveitando jogos em dispositivos móveis. Com grandes times e grande tecnologia, a Microsoft e a Activision Blizzard irão empoderar jogadores para aproveitar as franquias mais imersivas, como ‘Halo’ e ‘Warcraft’, virtualmente em qualquer lugar que quiserem”, diz a nota da empresa.

“E com games como ‘Candy Crush’, a divisão mobile de negócios da Activision Blizzard representa uma grande presença e oportunidade para a Microsoft neste segmento de rápido crescimento”, conclui.

Publicidade

Outra grande possibilidade com essa aquisição para a Microsoft é a possibilidade de trazer jogos da Activision Blizzard para dentro do Game Pass, serviço de assinatura da empresa e um dos carro-chefe de divisão do Xbox.

Em 2021 a Microsoft confirmou a compra de outro grande estúdio de games, a Bethesda. A compra, no entanto, teve valor quase nove vezes menor: US$ 7,5 bilhões.

Dentro da empresa, a Activision Blizzard vendo enfrentando uma grande série de denuncias de assédio sexual e moral. Bobby Kotick, CEO da Activision Blizzard, a princípio, disse que vai continuar no cargo que lhe pertence. De acordo com o comunicado da Microsoft, “ele e seu time irão manter o foco em impulsionar esforços para fortalecer ainda mais a cultura da empresa e acelerar o crescimento dos negócios”. 

Publicidade

A Activision Blizzard, assim que a transação for concluída, irá se reportar a Phil Spencer, CEO da divisão de jogos da Microsoft.

A Activision Blizzard já haviam passado por greves por parte dos funcionários, pedindo para que Kotick renunciasse seu cargo por supostamente estar ciente dos problemas da empresa como assédio e discriminação na empresa há anos.

“há muitas novidades para processar, e tenho certeza de que estarei trabalhando nisso por um tempo, mas minha reação inicial neste momento: estou empolgado para subir de nível ainda mais @Blizzard_Enttodo o trabalho de ‘s em parceria com as estrelas da @Microsoft & @Xbox‘s grupos de acessibilidade. “

Publicidade