Ministro da Cultura da Ucrânia critica a série “Emily em Paris”

Uma personagem ucrâniana aparece na série roubando peças de roupas

ministro-da-cultura-da-ucrania-critica-emily-em-paris
Lily Collins, personagem Emily da série “Emily Em Paris” (Crédito: Divulgação / Netflix )

O Ministro da Cultura da Ucrânia critica a série “Emily em Paris” da Netflix. Oleksandr Tkachenko tem acompanhado a série e não tem gostado como uma das personagens ucrâniana, “Petra” é retratada na segunda temporada do programa.

Publicidade

A temporada dois começa com a executiva americana Emily (Lily Collins) lidando e tentando concertar o seu erro de ter dormido com Gabriel (Lucas Bravo), o namorado de sua amiga.

No decorrer da série, Emily se inscreve em uma aula de francês, onde conhece a ucrâniana Petra. Mas, a nova colega o deixa assustada quando começa a roubar peças de roupas em lojas e a incentiva a fazer o mesmo. Devido a esse retrato de Petra no programa, o Ministro da Cultura da Ucrânia critica a série “Emily em Paris”.

Para Tkachenko isso é inaceitável. O ministro escreveu em um post “Em ‘Emily em Paris’ temos a caricatura de uma ucraniana, o que é inaceitável. Por outro lado, também é ofensivo. Será que os ucranianos serão vistos como tal no exterior? Quem rouba, quer ter tudo de graça, tenha medo de deportação? Esse não deveria ser o caso”.

O ministro havia elogiado a primeira temporada, mas disse que agora mudou de opinião. Há duas semanas as redes sociais da série “Emily em Paris” anunciou o lançamento da segunda temporada.

Publicidade