Lúcio Flávio lamenta gols sofridos contra a Portuguesa

No primeiro tempo a Lusa chegou a abrir 2 a 0, mas o Alvinegro empatou. Na segunda etapa o time casa fez mais três, mas desta vez o Botafogo não teve forças para reagir

lucio-flavio-lamenta-gols-sofridos-contra-a-portuguesa

Enquanto o Botafogo não utiliza os recursos do investimento da SAF (Sociedade Anônima do Futebol, uma forma que alguns clubes brasileiros têm usado para se capitalizar), o time vai de mal a pior no Campeonato Carioca. Após ser amplamente dominado pelo Flamengo na última quarta-feira (23), o Glorioso conheceu sua terceira derrota, a segunda consecutiva, perdendo para a Portuguesa por 5 a 3, no último domingo (27), no estádio Luso-Brasileiro.

Publicidade

No primeiro tempo a Lusa chegou a abrir 2 a 0, mas o Alvinegro empatou. Na segunda etapa o time casa fez mais três, mas desta vez o Botafogo não teve forças para reagir. O técnico interino Lúcio Flávio lamentou o resultado.

“Todos nós ficamos insatisfeitos com o resultado, ninguém queria um resultado como esse, nós não fizemos uma boa jornada. No início dos dois tempos tomamos gols rápidos. No primeiro tempo conseguimos rapidamente uma recuperação, e no segundo isso não foi possível. Sabemos da questão da transição do clube, e é o que nós temos no momento como elenco neste momento, e vamos continuar preparando esse grupo para o jogo seguinte que teremos”, afirmou.

Após o jogo deste domingo, a defesa do Botafogo se tornou a terceira pior da competição, com 14 gols sofridos, à frente apenas de Nova Iguaçu e Boavista, que sofreram 15 cada um. Com o resultado o Alvinegro permaneceu com 16 pontos, na quarta posição da Taça Guanabara, e ainda não garantiu presença nas semifinais do Campeonato Carioca.

Publicidade

Ouça na Rádio Nacional

(Agência Brasil)

Publicidade