Alemanha emite alerta para escassez de gás

Atualmente o armazenamento de gás na Alemanha está cheio até 25% da capacidade

A Alemanha emitiu um alerta antecipado para uma possível escassez de gás natural, depois da ameaça russa que disse que queria ser paga em rublos e caso não recebessem o fornecimento poderia ser cortado. A Alemanha é o maior cliente de energia da Rússia na Europa.

Publicidade

Nesta quarta-feira (30), o ministro da Economia alemão, Robert Habeck disse que o alerta é como prevenção e significaria um maior monitoramento do fornecimento gás. Habeck também pediu para que o gás seja usado com moderação. Atualmente o armazenamento de gás na Alemanha está cheio até 25% da capacidade.

De acordo com a CNN, o ministro da Economia, Robert Habeck, realizar o pagamento em rublos como o presidente Vladimir Putin quer, não é aceitável. “Não seremos divididos e a resposta dos estados do G7 é inequívoca: os contratos serão cumpridos”. Dessa forma, a Alemanha emite o alerta para escassez de gás.

Professor de Relações Internacionais da FGV em São Paulo, Oliver Stuenkel compartilhou no Twitter sobre o que ocorre na Alemanha.