Áustria classifica vacina contra Covid-19 obrigatória no país

O governo quer que pelo menos 90% da população esteja totalmente vacinada

austria-classifica-vacina-contra-covid-19-obrigatoria-no-pais
Na Áustria, 78,5% da população já completou a vacinação (Crédito: Joe Raedle/Getty Images)

A Áustria classificou a vacina contra a Covid-19 obrigatória no país. A partir de fevereiro a Áustria se tornará o primeiro país da Europa a implantar essa medida de obrigatoriedade da vacina para maiores de 18 anos. Segundo o chanceler austríaco, Karl Nehammer, quem não se vacinar poderá levar multas altissímas.

Publicidade

De início o governo considerará um período de fase de adaptação, até que os não vacinadas possam mudar de ideia até o mês de março. Depois deste período, as fiscalizações começarão com multas que poderão chegar de 600 a 3.600 euros. Em uma entrevista coletiva o chefe de governo conservador afirmou que é um projeto sensível, mas dentro da Constituição.

No sábado (15), pessoas foram as ruas de Viena para manifestar contra a Áustria optar em classificar a vacina contra Covid-19 obrigatória no país. Os protestos diziam que essa medida viola a liberdade individual. Na Áustria, 78,5% da população já completou a vacinação, sendo um número que comparado aos outros países ainda está baixo.

O governo argumenta que a decisão de obrigatoriedade é para que pelo menos 90% da população fique vacinada e para que diminua pacientes de Covid nos hospitais. É importante ressaltar que mulheres grávidas podem escolher se querem ou não serem vacinadas e pessoas que não podem se vacinar por questões médicas, com a apresentação de laudo, também estão são incluídas no grupo de exceções.