Biden culpa Trump por invasão do Capitólio

O presidente Joe Biden discursa após um ano da invasão do Capitólio e culpa o ex-presidente Donald Trump pelo ataque

biden-culpa-trump-por-invasao-do-capitolio
Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden (Crédito: Spencer Platt/Getty Images)

Joe Biden culpa Donald Trump por invasão do Capitólio dos Estados Unidos. Após um ano do acontecido o presidente Joe Biden fez um discurso no Congresso americano e culpou o ex-presidente Donal Trump pelo ataque.

Publicidade

Biden começou o discurso dizendo que há um ano atrás a democracia estava sendo atacada. Segundo o presidente o desejo do povo estava sendo atacado. “Nós prevalecemos. Pela primeira vez em nossa história o presidente não só perdeu uma eleição como tentou evitar a transição pacifica de poder com uma multidão violenta atacando o Capitólio, mas eles falharam.”

Durante o pronunciamento, Biden relembrou detalhadamente como tudo aconteceu no dia da invasão e citou que o ex-presidente não fez nada e que todo o ataque foi uma insurreição armada. “O que nós não vimos. Não vimos um ex-presidente que havia pedido a multidão que atacasse, sentado no salão oval da Casa Branca assistindo ao o que acontecia na televisão e não fazendo nada por horas.”

Ainda durante sua fala, o presidente afirmou que Trump espalhou uma rede de mentiras pelo país. “Nós devemos ser absolutamente claro do que é verdade e do que é mentira e aqui está a verdade. O ex-presidente dos Estados Unidos criou e espalhou uma rede de mentiras sobre as eleições de 20202. Ele fez isso, pois ele valoriza o poder acima dos princípio, ele vê seu próprio interesse como mais importante do que o interesse do país. Por causa do seu ego ferido importa mais a ele do que a democracia e constituição. Ele não consegue aceitar que perdeu.”

Biden deixou claro que o desejo do povo queria ser retirado e que Trump não aceitava ter pedido as eleições. “Eles queriam eliminar o resultado de uma eleição, eles queriam submeter a constituição dos Estados Unidos.” Mesmo tendo condenado Donald Trump, o presidente Joe Biden em nenhum momento citou o nome dele. Se referia a Trump como “ex-presidente”.

Publicidade

Para o atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, a população merecia ser aplaudida e não atacada, pois muitos saíram em meio à pandemia e arriscaram suas vidas para exercer o direito do voto.

“Há um ano, nossa democracia foi atacada e nossa Constituição enfrentou a mais grave das ameaças. Mas nós, o povo, prevalecemos. Agora, cabe a nós escolher que tipo de nação vamos ser.”