ELEIÇÕES EUA

“Biden deve seguir com sua campanha presidencial poderosa”, diz Trump em post sarcástico

O presidente norte-americano tem recebido apelos de alguns democratas para desistir da disputa

Além da Meta, outras plataformas como YouTube e X (antigo Twitter) também readmitiram o ex-presidente Donald Trump
Além da Meta, outras plataformas como YouTube e X (antigo Twitter) também readmitiram o ex-presidente Donald Trump – Crédito: Getty Images

O ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump disse, de forma sarcástica, que seu principal adversário, o presidente Joe Biden, deve seguir com a campanha eleitoral “com entusiasmo“. Biden tem recebido apelos de alguns democratas para desistir da corrida presidencial.

Publicidade

O desonesto Joe Biden deve ignorar seus muitos críticos e seguir em frente, com entusiasmo e força, com sua campanha poderosa e de longo alcance”, escreveu Trump no Truth Social neste sábado (6).

Ele deve ser afiado, preciso e enérgico, assim como ele estava no Debate, na venda de suas políticas de Fronteiras Abertas (onde milhões de pessoas, incluindo números terroristas, são autorizados a entrar em nosso país, de prisões e instituições mentais, totalmente sem controle e sem veto!), para acabar com a Previdência Social, Homens jogando em esportes femininos, altos impostos, altas taxas de juros, incentivando militares, inflação incontrolável, crime recorde, apenas veículos elétricos, subserviência à China e outros países, guerras intermináveis, colocando a América por último, perdendo nosso padrão baseado em dólares e muito mais. Sim, Joe Dorminhoco deve continuar sua campanha de Destruição Americana e, FAÇA CHINA GRANDE NOVAMENTE!”, disse.

Apesar das críticas, Biden não desistirá da disputa

Biden tem reafirmado que não planeja desistir da disputa eleitoral. O candidato gerou dúvidas em seus apoiadores após sua performance no último debate presidencial. “Eu estou concorrendo. Eu sou o líder do Partido Democrata. Ninguém vai me forçar a sair”, disse Biden.

Segundo o “The New York Times”, Biden afirmou estar na corrida até o fim e foi defendido pela sua vice-presidente, Kamala Harris. “Não vamos recuar. Seguiremos a liderança do nosso presidente. Vamos lutar e vamos vencer“, disse ela.

Publicidade
Além disso, a própria Casa Branca afirmou que o presidente não pensa em desistir. A porta-voz do governo, Karine Jean-Pierre, foi questionada pela imprensa se Biden cogitava abandonar a corrida eleitoral, e respondeu que “absolutamente não”.

Publicidade

Siga a gente no Google Notícias

Assine nossa newsletter

Cadastre-se para receber grátis o Menu Executivo Perfil Brasil, com todo conteúdo, análises e a cobertura mais completa.

Grátis em sua caixa de entrada. Pode cancelar quando quiser.