israel x palestina

Conflitos na Faixa de Gaza deixam mais de 25 mortos

O conflito foi retomado depois que Israel matou um líder do grupo Jihad Islâmica em Gaza. Os palestinos responderam com foguetes, e os israelenses intensificaram os ataques, que deixaram 32 mortos. 6 crianças palestinas estão entre as vítimas.

Espiral de violência deixa ao menos 31 mortos na Faixa de Gaza
(Crédito: Getty Images)

Pelo menos 31 pessoas, incluindo seis crianças, morreram na Faixa de Gaza desde que uma nova fase de confrontos  teve início na sexta-feira (5) entre Israel e o grupo terrorista Jihad Islâmico. Seis crianças palestinas estão entre as vítimas.

Publicidade

Depois de sofrer ataque na sexta-feira (5), no sábado (6), Israel atacou militantes da Jihad Islâmica e depósitos de armas escondidos em áreas residenciais, de acordo com informações da CNN. Bombardeios atingiram pelo menos cinco casas e nas imagens postadas nas redes sociais é possível observar um cenário de destruição em Gaza.

Publicidade

Do lado israelense, segundo o G1, dois soldados ficaram feridos por projéteis disparados de um morteiro que atingiram uma fazenda perto da fronteira de Gaza.

Esse confronto encerra mais de um ano de relativa calma entre os dois lados.O Egito, a ONU e o Catar se mobilizaram para acabar com os confrontos. Já o comandante da Guarda Revolucionária do Irã, Hossein Salami, afirmou que Israel vai pagar um preço alto pelos ataques em Gaza.

A Jihad Islâmica não sinalizou qualquer intenção de cessar-fogo imediato. “A hora agora é de resistência, não de trégua”, disse uma autoridade do grupo à Reuters. O grupo não disse quantos de seus membros foram mortos desde sexta-feira.

Publicidade