70 anos de reinado

Entenda protocolos do funeral da rainha Elizabeth II

O governo do Reino Unido declarou feriado nesta segunda-feira (19), dia do funeral da rainha Elizabeth II, que conta com chefes de Estado de todo o mundo.

(crédito: Getty Images)

Antes das 7h (de Brasília), o caixão foi retirado do local onde está descansando por um grupo de carregadores do 1º Batalhão de Guardas de Granadeiros, e levado em procissão de Westminster Hall para a Carruagem de Armas do Estado da Marinha Real, disse um alto funcionário do palácio.  A última vez que a carruagem foi utilizada foi em 1979, no funeral de Lorde Mountbatten, tio do príncipe Philip. O rei Charles III, membros da família real seguiram atrás do caixão.

Publicidade

Já na Abadia, teve início uma cerimônia. Perto do final do culto, por volta das 7h55, será feito um silêncio de dois minutos.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por BBC (@bbc)

Publicidade

De acordo com especialistas ouvidos pela CNN, após este funeral, o caixão será transportado do salão para Wellington Arch – novamente com o rei Charles III liderando alguns membros da família real a pé. Camilla, a rainha consorte e outros seguem de carro.

O destino é a Capela de São Jorge, dentro dos terrenos do Castelo de Windsor, onde acontecerá uma missa por volta do meio-dia.

Publicidade

Em seguida, um funeral privado será realizado para a família e a rainha será sepultada onde está seu falecido marido, o príncipe Philip, na Capela Memorial do Rei George VI.

Londres organizou a maior operação policial da história do Reino Unido. São 10 mil agentes, além de ajuda das forças armadas britânicas para garantir a segurança de todos os líderes de estado que estarão no local.

 

Publicidade