Restrições da Covid-19

EUA deixam de exigir uso de máscara em metrô, ônibus e voos

Uma juíza federal decidiu que o órgão de controle de doenças dos EUA extrapolava sua autoridade ao exigir o uso de obrigatório das máscaras.

eua-deixam-de-exigir-uso-de-mascara-em-metro-onibus-e-voos
Os EUA já registraram 987 mil mortes por Covid-19 (Crédito: Canva Fotos)

O governo dos EUA deixou de exigir nesta segunda-feira (18) o uso de máscara em trens, metrô, ônibus e voos. O governo anunciou a medida depois que uma juíza americana declarou ilegal a obrigatoriedade federal do uso de máscaras no transporte público do país.

Publicidade

A magistrada Kathryn Kimball Mizelle, de Tampa, Flórida, determinou que o Centros de Controle de Doenças (CDC) ultrapassou sua autoridade ao impor a exigência. Agora, o governo norte-americano avalia quais serão seus próximos passos frente à decisão da juíza.

Vale ressaltar que ainda existem diretrizes do CDC para que se use máscaras nesses ambientes, mas o órgão responsável pelo policiamento do uso da máscara, a Administração de Segurança em Transporte (TSA) afirmou que não vai mais policiar as pessoas em relação ao uso da proteção.

No domingo (17), os EUA registraram 10.662 novos casos de Covid-19 e 40 mortes. A taxa de vacinação segue crescendo, com 66% da população vacinada com duas doses. As informações são do Our World in Data.

Pressão pela liberação das máscaras

Nos últimos dias, o governo norte-americano vem sofrendo uma crescente pressão para flexibilizar ou anular a medida.

Publicidade

A maioria dos estados e grandes companhias aéreas pediram o fim do uso obrigatório de máscaras nos aviões e outros meios de transporte público. Na semana passada, no entanto, as autoridades federais decidiram estender a exigência até pelo menos 3 de maio.

 

Publicidade