novo presidente

Gustavo Petro toma posse na Colômbia e fala em transformação

De acordo com o presidente do Senado, Roy Barreras, a posse de Petro ocorreu diante de cerca de 100 mil pessoas.

gustavo-petro-toma-posse-na-colombia-e-fala-em-transformacao
Gustavo Petro na cerimônia de posse (Créditos: Guillermo Legaria/Getty Images)

Gustavo Petro tomou posse neste domingo (7) como presidente da Colômbia, no Plaza de Bolívar, em Bogotá. Milhares de apoiadores do esquerdista se reuniram no centro da capital e em locais com telões instalados para acompanhar a cerimônia.

Publicidade

De acordo com o presidente do Senado, Roy Barreras, a posse de Petro ocorreu diante de cerca de 100 mil pessoas. Além disso, contou com a participação do rei espanhol, Felipe VI e pelo menos outros nove presidentes latino-americanos.

“Colombianos e colombianas foram muitas vezes em nossa história condenados ao impossível, à falta de oportunidades.” “Quero dizer a todos os colombianos e colombianas que me ouvem nesta Praça Bolívar, nos arredores, em toda a Colômbia e no exterior, que nossa segunda chance começa hoje”, disse o novo presidente. “Este é o governo da vida e da paz, e por isso será lembrado”, acrescentou Petro.

Em seu discurso, Barreras afirmou que “o que viemos fazer hoje é tentar deter a morte e transformar a Colômbia em uma potência de vida”. “Viemos dizer ao ELN: larguem suas armas”, acrescentou. Francia Márquez, vice-presidente, falou durante seu juramento.  “Até que a dignidade se torne um costume”, disse ela.  Petro e Márquez se elegeram com 11 milhões de votos no segundo turno das eleições, em 19 de junho.

 

Publicidade

Publicidade