Mísseis russos atingem depósito de lixo radioativo em Kiev

Mesmo que os resíduos radioativos sejam de baixo nível, ainda podem causar impactos

misseis-russos-atingem-deposito-de-lixo-radioativo-em-kiev
O governo russo invadiu a Ucrânia e bombardeia várias regiões (Crédito: David C. Mercil/Getty Images)

Mísseis russos atingiram o depósito de lixo radioativo em Kiev na Ucrânia, além das várias outras regiões que eles atingiram desde o início da invasão. Esta informação foi confirmada pelo diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Mariano Grossi. Não houve relatos de danos ao prédio ou vazamento radioativo.

Publicidade

De acordo com á CNN, o diretor-geral disse em um comunicado que esses radioativos fazem mal para saúde humana. “Esses dois incidentes destacam o risco muito real de que instalações com material radioativo sofram danos durante o conflito, com consequências potencialmente graves para a saúde humana e o meio ambiente.”

O ocorrido aconteceu um dia depois da Inspetoria Estatal de Regulação Nuclear da Ucrânia afirmar que um transformador elétrico em uma instalação de descarte semelhante perto da cidade de Kharkiv, também havia sido danificado mais sem indicativo de vazamento radioativo. Segundo a Agência Internacional de Energia Atômica essas instalações possuem radioativas em desuso e outros resíduos de baixo nível.

Mesmo que essas instalações possuam resíduos radioativos em baixo nível, os radioativos que forem vazados ou descartados ainda podem causar impactos. As instalações já foram restauradas.

Conflito Rússia e Ucrânia

Na quinta-feira (24), o governo russo invadiu à Ucrânia e bombardeou regiões do país. Após várias ameaças Vladimir Putin autorizou os ataques por terra, ar e mar. Alguns dos motivos pelo qual esta invasão aconteceu é a aproximação da Ucrânia com o Ocidente.

Publicidade

O presidente da Rússia, Vladimir Putin não aceita que a Ucrânia entre para OTAN. Além disso, Putin quer aumentar o seu poder de influência na região. A Rússia e a Ucrânia já passaram por outros conflitos. Por mais que hoje, a Ucrânia seja independente sua relação com a Rússia não é totalmente resolvida.

Os mísseis tem agido a Ucrânia em várias regiões.