Professor de Portugal será demitido por xenofobia contra brasileiras

O docente teria chamado as brasileiras de ‘mercadoria’

professor-de-portugal-sera-demitido-por-xenofobia-contra-brasileiras
O docente lecionava economia na Universidade do Porto (Crédito: Canva Fotos)

Um professor da Universidade do Porto será demitido após ter feito comentários machistas e xenofóbicos sobre brasileiras. A informação foi publicada nesta quarta-feira (13) no ‘Jornal de Notícias’.

Publicidade

O docente, identificado como Pedro Cosme da Costa Vieira, dava aulas na Faculdade de Economia e teria feito diversos comentários preconceituosos durante suas aulas. Ao menos 129 alunos do curso de jornalismo teriam denunciado Costa Vieira à instituição.

O professor teria proferido frases como: “As mulheres brasileiras são uma mercadoria”, ou “Sabem o que é uma caçadeira? Aquela arma que os homens usam para matar as mulheres” e ainda “Qualquer dia a minha amiga Marta, do judô, que é ceguinha, vai chegar grávida”.

Em um despacho assinado em 9 de fevereiro, e publicado no dia 25 do mesmo mês, o reitor da universidade, António Manuel de Sousa Pereira, registrou a abertura de um processo disciplinar contra Costa Vieira, e iniciou um pedido de demissão do funcionário.

De acordo com o documento, Costa Vieira é identificado como professor assistente da Universidade do Porto. O despacho diz ainda que não havia sido possível, à época, encontrar o docente para informá-lo sobre a decisão do desligamento.

Publicidade

Publicidade