Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

Assaltante de bancos, aviões e carro-forte é preso no interior de SP

assaltante-de-bancos,-avioes-e-carro-forte-e-preso-no-interior-de-sp

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil de São Paulo prendeu hoje (13), em Limeira (SP), um homem de 45 anos suspeito de liderar assaltos de empresas de transportes de valores, agências bancárias e aviões pagadores. 

As investigações da polícia apontam que o suspeito participou dos roubos de malotes em aviões pagadores nos aeroportos de Blumenau (SC), e Viracopos, em Campinas (SP), ocorridos em 2019. Ele também esteve envolvido nos assaltos de três carros-fortes na rodovia dos Tamoios, em Paraibuna, no Vale do Paraíba, em São Paulo.

Em 2016, segundo a polícia, o suspeito participou do ataque a uma transportadora de valores em Santo André, no Grande ABC, e na cidade de Santos (SP). No mesmo ano, ele liderou a invasão a uma base de transporte de valores no Paraguai, considerado o maior roubo ocorrido até então no país.

De acordo com o Deic, o suspeito é um dos precursores da modalidade criminosa conhecida como novo cangaço, em que os criminosos organizam invasões em bando de cidades para assaltar agências bancárias e casas lotéricas. 

O suspeito estava foragido desde 2014, quando foi resgatado por integrantes da sua quadrilha do Centro de Detenção Provisória de Franco da Rocha, na Grande São Paulo. 

Agência Brasil

Veja também

Brasil

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (15) a Operação Quid Pro Quo contra um grupo suspeito de fraudar licitações na região do Vale do...

Brasil

Mais duas fases da Operação Policial Rota BR-090, em Minas Gerais, foram deflagradas hoje (15) pela Polícia Federal (PF), com apoio da Controladoria-Geral da...

Brasil

A Mata Atlântica, que em 2010 representava 42% da retirada de água do país, passou a 39% em 2017. Este bioma concentra grande parte...

Saúde

O número médio de viagens de passageiros por dia útil nos ônibus da capital paulista aumentou em 300 mil de janeiro para fevereiro deste ano, enquanto...