Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

Chuva forte deixa famílias desalojadas no estado do Rio

chuva-forte-deixa-familias-desalojadas-no-estado-do-rio

A chuva forte que atingiu Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, deixou aproximadamente 150 famílias desalojadas, principalmente no distrito de Xerém, área mais afetada da cidade. Segundo a prefeitura, essas famílias devem procurar os pontos de apoio para fazer o cadastro para o recebimento do auxílio financeiro.

Para ajudar os moradores, foram montados três pontos: um no bairro Santo Antônio, um em Xerém e um no bairro Carreteiro. Até o momento, não houve a necessidade de instalação de abrigo provisório.

O governo estadual está providenciando o envio de 100 kits de limpeza e cestas básicas para auxiliar na higienização das casas afetadas e para o retorno das famílias atingidas, assim que houver condições favoráveis de segurança e saúde nesses locais. Serão doados mil colchões para as famílias desalojadas.

Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, quatro famílias desabrigadas receberão quatro novos apartamentos doados pela prefeitura de Duque de Caxias, por meio do programa Minha Casa Minha Vida.

A tempestade durou algumas horas na terça-feira (22) e matou uma mulher, identificada como Fátima Marina Fernandes de Carvalho, de 61 anos. Segundo o subsecretário de Defesa Civil de Duque de Caxias, André Xavier, ela foi retirada de uma enxurrada na localidade Posto Carreteiro, mas já não tinha vida quando foi levada para o Hospital Municipal Moacyr do Carmo.

Houve ainda o caso de uma adolescente de 16 anos que foi levada pela correnteza, mas conseguiu se salvar com a ajuda de vizinhos. A jovem chegou a ser levada para o Hospital Adão Pereira Nunes e já recebeu alta.

Petrópolis

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias de Petrópolis, na Região Serrana, registrou até o momento 22 ocorrências devido às fortes chuvas dessa quarta-feira (23). Ao todo, são 22 residências interditadas por causa dos deslizamentos de terra, sendo 12 no bairro de Siméria, cinco no São Sebastião e cinco no Independência. Seis famílias estão desalojadas, segundo a Secretaria de Assistência Social. Não há registros de feridos.

As famílias serão cadastradas pela prefeitura e aquelas que se enquadrarem nos requisitos poderão solicitar o aluguel social.

A Defesa Civil informou que continua em estado de atenção devido à previsão de chuva forte, entre os dias 24 e 25, em que o acumulado de chuva pode chegar a 60 milímetros. Em caso de emergência, deve-se acionar a Defesa Civil pelo telefone 199. Pessoas que residem em área de risco, em caso de necessidade ou acionamento das sirenes, devem procurar os pontos de apoio imediatamente.

Agência Brasil

Mais em Perfil

Últimas Notícias