Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

Conab tem nova ferramenta para comercialização de produtos

conab-tem-nova-ferramenta-para-comercializacao-de-produtos

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) abriu um espaço em seu site, por meio do qual pretende aproximar e facilitar a comercialização de produtos, serviços e insumos agropecuários. A ferramenta, chamada de “Leilão pra Você”, é gratuita aos demandantes, e seu custo operacional será abatido no arremate do negócio.

De acordo com a Conab, qualquer pessoa que queira utilizar o sistema de leilão da companhia pode fazer a contratação por meio da página de seu portal. O serviço é disponibilizado tanto ao pequeno como ao médio e ao grande produtor, bem como aos comerciantes que queiram utilizar a plataforma para trocar mercadorias.

“O produtor entra em contato com a Conab ou já vai direto nessa página, onde deve preencher um formulário. Lá, ele indica o que quer vender, comprar ou trocar. A página informa quais documentos são necessários. A Conab cuida dos trâmites: faz o edital aciona bolsas de mercadoria, ajusta tudo com o produtor, além de anunciar o leilão. Os interessados participam livremente por meio das bolsas de mercadoria, como em qualquer outro leilão”, informou à Agência Brasil o superintendente de Operações Comerciais da Conab, Rogério Gonçalves.

Segundo a Conab, o edital e a divulgação serão feitos de acordo com cada necessidade, independentemente do tamanho do produtor. O arrematante é quem paga as custas do leilão, que envolve o serviço e o valor da venda.

Para solicitar uma das transações citadas, basta preencher um formulário disponível na página do Leilão pra Você, no portal da Conab, e enviá-lo para o e-mail [email protected] – ou, ainda, entregar o documento preenchido em uma unidade da Conab. “Quando quem solicita o serviço for uma entidade pública, será firmado um acordo de cooperação, cujo modelo é disponibilizado pela Conab”, informou por meio de nota a companhia.

A partir dos dados iniciais, os técnicos da estatal propõem um serviço personalizado para cada operação. Após o demandante aprovar as diretrizes, o edital é publicado com as regras de participação no leilão a ser ofertado. A comercialização será feita em parceria com as bolsas de mercadorias, de forma a dar “mais confiabilidade” aos dados e possibilitando a rastreabilidade das operações, a partir da busca e preenchimento automáticos.

Os interessados em participar dos leilões nesse sistema devem acessar o link e escolher a opção “Autorização de Corretagem” e, então, indicar um corretor vinculado a uma bolsa de mercadorias que o represente nos leilões escolhidos. É também necessário que ele registre login e senha no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais, que é público e aberto também a comerciantes, transportadores, e a demais prestadores de serviço.

Agência Brasil