Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

Confira o que abre e o que fecha na véspera do ano novo

confira-o-que-abre-e-o-que-fecha-na-vespera-do-ano-novo

Nem todos os estabelecimentos funcionam normalmente nesta quinta-feira (31), véspera do ano novo. Em razão do feriado prolongado, diversos serviços estarão de portas fechadas ou sofrem alteração no horário de funcionamento. Veja a seguir o que abre e o que fecha na capital do país, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Distrito Federal

Os ônibus vão rodar normalmente nesta quinta-feira em Brasília, com reforço de viagens das 14h às 16h. Já no dia 1º, os veículos circularão conforme tabela de horários para feriados. O metrô vai rodar de 5h30 às 20h na véspera do ano novo e de 7h às 19h no primeiro dia de 2021.

As emergências de hospitais públicos e as unidades de pronto atendimento (UPAs) funcionarão 24 horas tanto no dia 31 como no dia 1º, enquanto os postos de saúde ficam abertos de 8h às 14h apenas nesta quinta-feira. O hemocentro terá expediente na véspera de ano novo de 7h às 12h e as farmácias de alto custo da Asa Sul, Ceilândia e do Gama, até às 14h.  

O Corpo de Bombeiros trabalha em regime de escala, com atendimento disponível de 7h às 13h nesta quinta-feira. A Polícia Militar atua normalmente tanto na véspera do ano novo quanto no dia 1º, quando haverá reforço nas equipes.

A Polícia Civil também opera durante 24 horas em regime de plantão, o que inclui as delegacias gerais e as delegacias da mulher, da criança e do adolescente.

A coleta de lixo do Serviço de Limpeza Urbano (SLU) ocorre normalmente no dia 31, sendo que aquela realizada usualmente no período noturno será antecipada. As agências do Banco de Brasília (BRB) ficam fechadas nos dias 31 e 1º.

O Eixão, uma das principais vias da capital, fica fechado para veículos somente no dia 1º, como acontece aos domingos e feriados. O Detran DF tem ponto facultativo a partir das 14 horas desta quinta-feira e as agências ficam fechadas no dia 1º.

Os equipamentos culturais administrados pelo Governo do Distrito Federal (GDF) estarão fechados tanto no dia 31 quanto no dia 1º. Já os parques funcionarão normalmente nos dois dias.

O comércio no Distrito Federal funciona até as 15 horas no dia 31 enquanto, no dia 1º de janeiro, as lojas não abrem na capital federal.

Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro terá um esquema especial de réveillon. No dia 31, o metrô funciona das 5h às 20h e, no dia 1º, das 7h às 23h. Já os trens urbanos da SuperVia funcionam em regime de final de semana. No dia 31, conforme a grade horária de sábado – com ajustes nos ramais Japeri e Deodoro/Santa Cruz – e, no dia 1º, conforme a grade horária de domingos e feriados. Pela internet, é possível verificar o funcionamento do trecho desejado e simular viagens. [LINK: https://www.supervia.com.br/pt-br/servicos/planeje-sua-viagem] 

Nas ruas e nos shoppings, os estabelecimentos comerciais terão horários diferenciados. As lojas do Saara, tradicional shopping a céu aberto, por exemplo, abrem no dia 31 das 9h às 13h e fecham no dia 1º. O Mercadão de Madureira, um dos maiores mercados populares do país, abre no dia 31 das 7h às 15h e fecha no dia 1º. Os horários, entretanto, poderão variar de acordo com cada loja. 

Os shoppings, no geral, funcionam das 10h às 16h no dia 31 e, no dia 1º, abrem apenas as praças de alimentação, das 12h às 21h. Esse é o caso, por exemplo do Via Parque Shopping, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da capital; do Shopping Rio Sul, em Botafogo e do Shopping Leblon, na Zona Sul. O Norte Shopping, em Cachambi, e o Shopping Tijuca, na Tijuca, ambos localizados na Zona Norte, seguem o horário reduzido até as 16h no dia 31 e, no dia 1º, funcionam das 10h às 22h para lazer e alimentação. 

Pontos turísticos também terão horários especiais. Os passeios ao Cristo Redentor encerram-se às 15h no dia 31 e às 16h, no dia 1º. Já o Pão de Açúcar funciona no dia 31 com horário reduzido – a entrada dos visitantes acontece até as 15h. O último teleférico sai da Praia Vermelha às 16h. A última descida do Pão de Açúcar será às 16h20. No dia 1º, o funcionamento é normal, das 9h às 21h, com entrada até as 20h. Os ingressos podem ser comprados na internet. [LINK: https://www.bondinho.com.br/categoria/] 

Por conta da pandemia, as festas de ano novo foram canceladas e não haverá queima de fogos na capital fluminense. Haverá maior fiscalização no acesso às praias e a circulação de veículos será limitada. Haverá ainda a suspensão de circulação do transporte público nos acessos à orla, a partir das 20h do dia 31.

Para evitar que se acesse em massa a orla de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca, serão montados 40 pontos de bloqueio. Só poderão passar automóveis de moradores, com comprovante de residência, ou veículos de serviços e de emergência. Porém, quem desejar ingressar na praia a pé, poderá fazer. No caso de Copacabana, será necessário descer no ponto de bloqueio montado na Praia de Botafogo e seguir caminhando, em um percurso de aproximadamente 2 quilômetros. 

Agências bancárias e Correios, assim como no restante do país, não funcionam nem no dia 31 nem no dia 1º. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a população poderá utilizar os canais alternativos de atendimento bancário, como mobile e internet banking, caixas eletrônicos, banco por telefone e correspondentes para fazer transações financeiras.

São Paulo

Devido ao retrocesso do estado para a Fase Amarela do Plano São Paulo, os shoppings devem funcionar com ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local, em horário reduzindo (até 22h). As praças de alimentação ao ar livre ou em áreas arejadas podem funcionar normalmente. Deve-se adotar protocolos de segurança, como disponibilização de álcool em gel e a obrigatoriedade do uso de máscara. O comércio de rua segue as mesmas diretrizes.

No dia 31, as instituições financeiras não abrem para atendimento, assim como no dia 1º.

Na véspera do ano novo, todas as linhas da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) funcionam com a frota habitual. No primeiro dia do ano, a programação será com intervalos médios de 35 minutos, como aos domingos. As linhas do metrô operadas pelo estado (Linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata), assim como as operadas pela ViaQuatro e ViaMobilidade (linhas 4-Amarela e 5-Lilás, respectivamente) não sofrerão mudanças, abrindo todos os dias das 4h40 às 0h.

Já para os ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), os horários serão equivalentes aos praticados aos sábados. A programação é válida em cinco regiões metropolitanas, ou seja, as da Grande São Paulo, Campinas, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba.

Agência Brasil

Mais em Perfil

Últimas Notícias