Fale conosco

O que vc está procurando?

Saúde

Covid-19: Rio vacina pessoas de 47 anos com comorbidade

covid-19:-rio-vacina-pessoas-de-47-anos-com-comorbidade

A vacinação contra a covid-19 na cidade do Rio de Janeiro esta semana segue o escalonamento por gênero e idade, voltada para os grupos prioritários definidos pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). Até sábado, serão vacinadas com a primeira dose pessoas com 47 anos.

Estão contemplados neste momento as pessoas com comorbidade e guardas municipais diretamente envolvidos nas ações de combate à covid-19 e de vigilância das medidas de distanciamento social.

O calendário é o seguinte:

Segunda-feira (10): mulheres com 49 anos;

Terça-feira (11): homens com 49 anos;

Quarta-feira (12): mulheres com 48 anos;

Quinta-feira (13): homens com 48 anos;

Sexta-feira (14): mulheres com 47 anos;

Sábado (15): homens com 47 anos.

Gestantes e puérperas com comorbidade, pessoas com deficiência permanente, síndrome de Down e doença renal crônica a partir de 18 anos podem comparecer aos postos em qualquer dia para receber a primeira dose.

O calendário para trabalhadores da saúde avançou para profissionais com menos de 35 anos. Esse grupo contempla médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares.

Até o sábado passado (8), a cidade havia aplicado a primeira dose em 1.654.584 pessoas, o que corresponde a 24,5% da população.

Segunda dose da CoronaVac

Para quem tomou a primeira dose da CoronaVac, a segunda será destinada hoje (10) e quarta-feira (12) aos idosos acamados e aqueles com mais de 66 anos. Na quinta-feira (13), devem completar o esquema vacinal os idosos de 65 e 64 anos. Na próxima segunda-feira (17) é a vez dos idosos de 63, 62 e 61 anos receberem a segunda dose.

As demais pessoas que receberam a primeira dose da CoronaVac – entre 5 e 9 de abril – devem comparecer aos postos dez dias após a data marcada em seus comprovantes para a segunda dose. Aqueles que receberam o imunizante entre 10 e 17 de abril devem tomar a segunda dose no dia 17 de maio. Segundo a prefeitura do Rio, não deve haver adiamento da segunda dose para quem recebeu a primeira após 17 de abril.

Grupos profissionais

A Secretaria Municipal de Saúde suspendeu na sexta-feira a vacinação para profissionais de educação, segurança pública, motoristas e cobradores de ônibus, transporte escolar e serviços de limpeza urbana, após ser notificada pelo Ministério Público do Estado (MPE).

A prefeitura vai enviar uma nota técnica ao MPE para justificar a inclusão desses grupos entre as prioridades, garantindo a capacidade de vacinação.

(Agência Brasil)

Mais em Perfil

Últimas Notícias