Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

CPI da Covid: Recesso para análise de documentos

Criada para apurar ações e omissões do governo Bolsonaro na pandemia, comissão começou a desvendar supostos esquemas de corrupção no Ministério da Saúde

CPI da Covid Recesso para análise de documentos
CPI da Covid (Crédito: Alessandro Dantas)

CPI da Covid foi criada para apurar ações e omissões do governo Bolsonaro na pandemia, comissão começou a desvendar supostos esquemas de corrupção no Ministério da Saúde.

CPI da Covid entra em recesso
Pausa na CPI da Covid para análise de documentos

Para os senadores da CPI, este recesso é sinônimo de trabalho árduo. Parlamentares querem aproveitar a pausa no Congresso Nacional, entre 18 e 31 de julho, para analisar uma pilha de documentos, provas e evidências apresentadas por depoentes. Alguns defenderam que só fossem convocadas novas sessões depois que todo o material nas mãos dos senadores fosse analisado.

Ao retornar da pausa, a partir de 3 de agosto a CPI entra na 3ª fase e deve investigar os desdobramentos do caso Covaxin e as negociações por vacinas envolvendo empresas suspeitas e atravessadores.

A CPI foi instalada oficialmente no dia 27 de abril de 2021 e tinha prazo de 90 dias. Naquele dia, o país somava 3.120 mortes por Covid em 24 horas, chegando a um total de  395.324 desde março de 2020. 

Mais em Perfil

Últimas Notícias