Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

Lula venceria Bolsonaro no 2° turno por 55% a 32%, diz pesquisa

No primeiro turno o ex-presidente aparece com 41% das intenções de voto, enquanto o atual segue atrás com 23%

Lula venceria Bolsonaro no 2° turno por 55% a 32%, diz pesquisa
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Crédito: Alexandre Schneider/Getty Images)

Segundo a pesquisa divulgada pelo Instituto Datafolha, nessa quarta-feira (12), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera as intenções de voto para as eleições de 2022 e poderia vencer o atual presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). Lula aparece no primeiro turno com 41% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro segue atrás com 23%. Em um eventual segundo turno, Lula também venceria Bolsonaro com 55% a 32%.

As informações divulgadas pelo jornal Folha de S. Paulo, mostram também os possíveis presidenciáveis que aparecem atrás em uma situação de empate técnico. Entre eles o ex-ministro da Justiça Sergio Moro (sem partido), com 7%; o ex-ministro da Integração Ciro Gomes (PDT), com 6%, o apresentador Luciano Huck (sem partido), com 4%; e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), com 3%. Empatados com 2%, aparecem o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o empresário João Amoêdo (Novo).

“9% dos entrevistados disseram que votariam em branco, nulo ou em nenhum dos candidatos. Indecisos somaram 4%.”

Foram ouvidas presencialmente 2.071 pessoas, em 146 munícipios, nos dias 11 e 12 de maio.

Em um eventual segundo turno entre o ex-presidente contra Moro, o petista venceria com 53% a 33%. Contra Doria a vantagem seria maior, de 57% a 21%.

O atual chefe do Executivo teria empate técnico, com 39% a 40%, caso chegasse ao segundo turno com o atual governador de São Paulo. Mas, perderia para Ciro, com 36% contra 40% do adversário.

Essa foi a primeira pesquisa do Datafolha depois que o ex-presidente Lula se tornou um possível presidenciável, depois da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de anular as condenações da Lava Jato em março deste ano.

Rejeição 

Bolsonaro também precisara enfrentar um alto índice de rejeição para tentar conquistar uma reeleição. De acordo com o Datafolha, ele ficou com 54% no percentual de reprovação dos eleitores.

Lula ficou em segundo lugar na rejeição (36%), seguido por Doria (30%), Huck (29%), Moro (26%), Gomes (24%), Mandetta (17%) e Amoêdo (16%).

Mais em Perfil

Últimas Notícias