Fale conosco

O que vc está procurando?

Brasil

Salvador fica sem Réveillon e Carnaval está ameaçado

Prefeitura cancela festa de fim de ano por causa da nova variante do coronavírus

Salvador fica sem Réveillon, e Carnaval está ameaçado
Bruno Reis participou de um evento em Salvador nesta segunda-feira (29). Ele disse à imprensa que “não há como realizar o festival esse ano” (Créditos: Felipe Oliveira/Getty Images)

A capital baiana não terá novamente neste fim de ano o tradicional “Festival Virada Salvador”, comunicou nesta segunda-feira (29) o prefeito de Salvador Bruno Reis. O festival, que é realizado todos os anos na festa de Réveillon, foi cancelado em razão do surgimento da nova variante do coronavírus.

Mesmo com a vacinação avançando a prefeitura disse que, “o cenário de incertezas provocado pela Covid-19, impede que seja realizado com segurança sanitária o evento, cujo público estimado é de 250 mil pessoas por dia”.

O prefeito Bruno Reis disse em sua rede social sobre a chegada da nova variante do coronavírus Ômicron, que foi descoberta na África do Sul a primeira vez, e o avanço dos casos de Covid-19 na Europa. “Sei da importância do evento para economia da nossa cidade, mas seguimos colocando a vida das pessoas em primeiro lugar”, disse em seu Twitter.

Bruno Reis participou de um evento em Salvador nesta segunda-feira (29). Ele disse à imprensa que “não há como realizar o festival esse ano”.

“Estamos há exatamente um mês do início da festa. Chegamos ao limite dessa decisão, que dependeria exclusivamente da prefeitura. Somente a prefeitura organiza esse evento. A decisão está tomada e nós não realizaremos”, disse.

“Sempre disse que íamos avaliar o que está acontecendo no Brasil e no mundo, como a pandemia está se comportando em lugares com índices diferentes de vacinação. Não é o momento de colocar em risco tudo o que construímos até aqui, sempre colocando a vida das pessoas em primeiro lugar” concluiu Bruno Reis.

Quando perguntado sobre a realização do carnaval, o prefeito disse que “estão empurrando ao máximo para tomar essa decisão”. Ressaltando que a decisão final será em conjunto com o governo estadual. Mas a prefeitura de Salvador disse que a segurança e a cautela serão consideradas, e que o anúncio será feito “assim que possível, considerando o cenário atual da Covid-19”.

Mais em Perfil

Últimas Notícias