Fale conosco

O que vc está procurando?

Carros

Cadillac ajusta os detalhes do seu veículo mais luxuoso

A marca mais exclusiva da General Motors lançará a versão definitiva de seu novo utilitário esportivo em 2022. Será mais parecido com o esboço original?

Cadillac ajusta os detalhes do seu veículo mais luxuoso
(Crédito: Divulgação)

Zhou Fang é o principal designer da Cadillac, divisão dos veículos mais luxuosos da General Motors, um criativo que se destaca por seus esboços que, com certa ousadia, rompem um pouco com os padrões da marca. Mas, não se confunda! Desde o início, Cadillac sempre se destacou por seus designs vanguardistas, característica também observada nos Lyriq.

O novo SUV 100% elétrico, que estará à venda em 2022, segue os processos usuais de produção. Neste momento está em fase de conceito representado por uma unidade que antecipa o modelo serial. Mas, será semelhante a este conceito?

Embora uma primeira resposta pudesse ser sim, algumas especulações afirmam que o Lyriq de produção em massa será mais semelhante ao primeiro esboço desenhado por Fang, ou seja, decididamente mais futurista.

O suporte para esta declaração aparece na conta do Instagram da GM Design, onde o desenho inicial foi publicado. Mostra os cantos acentuados com um estilo triangular, embora o teto elegante (irreal, deve-se reconhecer) seja visto como um precursor da linha de conceito Lyric.

Vale destacar que as fotos que acompanham este artigo correspondem ao protótipo que, segundo os dirigentes da empresa, representa 85 por cento do produto final, podendo haver alterações no modelo final.

Seja como for, seria interessante manter o grelhador aceso e o ecrã LED de 33 polegadas para os instrumentos e sistema de infoentretenimento. O bilhão de cores na tela não tem precedentes, um detalhe que sem dúvida será algo que os clientes de EV acharão atraente.

Sim, é oficial que a propulsão ficará a cargo de uma equipe elétrica cem por cento de 340 cv e 45 kgm de torque, associada a uma bateria de íon-lítio que lhe dará autonomia estimada de 480 quilômetros.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.