Fale conosco

O que vc está procurando?

Carros

Este seria o novo Ford Mondeo para o Ocidente

O sucessor do clássico de médio porte não será o mesmo dos Evos apresentados na China. Embora houvesse especulação sobre um novo design, ele parece relutante em abandonar as linhas de sedan

Este seria o novo Ford Mondeo para o Ocidente
(Crédito: Reprodução/ Instagram)

A Ford continua avançando na reestruturação de sua linha em todo o mundo, estratégia por meio da qual, pelo menos na América, apostará exclusivamente em crossovers, SUVs e picapes.

No entanto, parece que alguns modelos resistem a mudanças, como é o caso da Europa, onde os sedans e os sedans rurais conseguem manter um nível de vendas interessante.

O Mondeo (ou Fusion noutros mercados) foi um dos principais afetados, uma vez que “o SUV ofensivo” conseguiu deslocá-lo em vários países, sendo um dos mais vendidos no seu segmento.

Recentemente, no Salão Automóvel de Xangai (China), foi apresentado o Evos, um crossover que foi inicialmente designado como sucessor do Ford Mondeo, embora aparentemente haja um novo Mondeo com mais voos europeus noutros mercados.

Nas últimas semanas, o “novo Mondeo” em seu design final foi visto em testes com camuflagens extensas e o formato que a Ford adotou foi surpreendente. Por quê? Sua silhueta está mais próxima de um sedan do que de um crossover, algo inédito na época da Ford, mas positivo porque muitos usuários da marca (e até outros) desejam continuar apostando nas “quatro portas”.

Em qualquer caso, o novo design vai combinar linhas futuristas e aerodinâmicas, especialmente no setor traseiro, onde há uma queda acentuada do vidro traseiro. Em vez disso, a frente será semelhante a outros modelos recentes da marca de origem asiática, como Evos e Equator, entre outros.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.