Fale conosco

O que vc está procurando?

Carros

Ford recua no projeto da picape Bronco

A caminhonete dedicada ao off-road nunca foi oficializada, mas, segundo a mídia internacional, a empresa parou de avançar com o projeto

Ford recua no projeto da picape Bronco
(Crédito: Divulgação)

No ano passado, a Ford voltou a apostar no Bronco depois de décadas sem presença no mercado, mas agora recua no projeto. A chegada da nova geração veio com uma família bastante completa, incluindo uma variante de três portas, uma variante de duas portas e uma menos extrema conhecida como Bronco Sport.

Em relação às duas primeiras, trata-se das variantes com abordagem 100% off-road. Entre seus principais concorrentes está o icônico Jeep Wrangler, embora a assinatura das sete barras verticais da grade ainda esteja um patamar acima, não pela qualidade do produto, mas por possuir um modelo inédito em forma de picape que deriva dele clássico, o Gladiador.

Para neutralizar esse avanço e enfrentar a Jeep, a Ford vinha analisando o lançamento de uma caminhonete baseada no Bronco, projeto que nunca foi oficializado pela marca, mas que, de qualquer forma, conforme noticiado pela Motor 1 graças às contribuições do Automotive News, não vai prosperar.

Além dos rumores de que o Bronco poderia se tornar uma marca independente do oval (e para isso nada melhor do que expandir a oferta de modelos de aventura), a Ford não precisaria de mais uma picape, pois no mesmo segmento aparece Ranger, caminhonete que terá uma nova geração.

Num segmento inferior, foi apresentado o Maverick, com a mesma plataforma do Bronco Sport. De mãos dadas, a Jeep parece ter levado essa notícia com calma, já que caso a mídia estrangeira esteja correta, ela continuará tendo a exclusividade com o Gladiador como modelo de desejo.

Claro, ao contrário da Ford com Ranger, Stellantis (especialmente a parte da antiga FCA) não tem uma picape média “para trabalho ou lazer” como Dakota era na época, um modelo que teria uma nova geração e seria produzido em Brasil como RAM.

*Texto publicado originalmente no site Parabrisas, da Editora Perfil Argentina.

Mais em Perfil

Últimas Notícias