Fale conosco

O que vc está procurando?

Educação

Enem 2021: gabarito oficial deve ser divulgado nesta quarta

Com o gabarito, é possível contar o número de acertos nas provas, mas não determinar a nota no exame

Enem 2021 gabarito oficial deve ser divulgado nesta quarta
Os candidatos só terão acesso aos boletins com as notas individuais em 11 de fevereiro (Crédito: Tomaz Silva/Agência Brasil)

O Ministério da Educação (MEC) deve divulgar nesta quarta (1) o gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021.

A divulgação do gabarito oficial do Enem já estava prevista no edital para ocorrer em até três dias úteis após as últimas provas, e a data foi confirmada pelo Ministério da Educação (MEC) em coletiva de imprensa realizada na segunda-feira (29).

O gabarito oficial vai ser válido tanto para a versão impressa das provas quanto para a versão digital e poderá ser acessados no site Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

O resultado final das provas objetivas do Enem e da redação sai apenas em 11 de fevereiro.

O gabarito oficial não possibilita que o aluno antecipe a nota que tirou no exame já nesta quarta (1), apenas permite que saiba seu número total de acertos, segundo G1.

Isso porque, como a prova é corrigida pela Teoria de Resposta ao Item (TRI), a nota final não é calculada apenas com base na porcentagem de respostas corretas, então nesta quarta (1) os alunos só terão acesso ao número de acertos.

Esse sistema de correção detecta a coerência no desempenho do estudante – ele reconhece o “acerto ao acaso”, ou seja, o “chute”, e atribui uma pontuação menor.

Por isso, no Enem, dois candidatos podem acertar exatamente a mesma quantidade de questões no gabarito oficial, mas tirar notas bem diferentes.

Termina na sexta-feira (3) o prazo para candidatos do Enem 2021 solicitarem a reaplicação do Enem. O pedido deve ser feito pela página do participante no site do Inep.

A reaplicação vai ocorrer em 9 e 16 de janeiro de 2022. No mesmo dia, realizarão as provas alunos que tiveram isenção em 2020 e pessoas privadas de liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade.

Confira abaixo os requisitos para participar da reaplicação da prova do Enem

Mais em Perfil

Últimas Notícias