Fale conosco

O que vc está procurando?

Entretenimento

Príncipe Harry revela que queria deixar a família real aos 20 anos

Ele também falou sobre os efeitos dos seus problemas com paparazzi e os benefícios da terapia

Príncipe Harry revela que queria deixar a família real aos 20 anos
Príncipe Harry e esposa Meghan Markle (Crédito: Getty Images)

Em entrevista para o podcast “Amchair Expert”, feito pelos atores Dax Shepard e Monica Padman, o Príncipe Harry fez novas declarações sobre sua vida na família real.

“Eu vi atrás da cortina, eu vi o modelo de negócios; eu sei como essa operação funciona. …Eu não quero ser parte disso.”

Esse foi o comentário que Harry fez sobre como sentia que era a vida real aos 20 anos. Segundo o jornal “Los Angeles Times”, ele afirmou que não queria o trabalho. “Olha o que fez com a minha mãe”. “Como eu algum dia vou me estabelecer e ter uma esposa e família, quando sei que isso vai acontecer de novo?”

Durante o podcast o filho do Príncipe Charles e da falecida Princesa Diana, revelou como a terapia o ajudou. “Depois que comecei a fazer terapia, foi como se a bolha explodisse. Eu tirei minha cabeça da areia, dei uma boa sacudida…. Pare de pensar em como queria que fosse diferente; faça diferente.”

“Eu preciso processar isso, porque se não, como serei um pai decente para o meu filho e a minha filha.”

Ao ser perguntado sobre qual foi o momento que o levou à terapia, Harry respondeu “Foi um momento com minha agora esposa. Ela viu, ela viu imediatamente. Ela poderia dizer que eu estava sofrendo e que algumas das coisas que estavam fora do meu controle, estavam me deixando com muita raiva. Isso faria meu sangue ferver.”

O “Los Angeles Times” citou que o Príncipe disse que sentimentos de impotência desencadeiam sua resposta de raiva. Ele citou três casos, “Um, quando eu era uma criança no banco de trás do carro da minha mãe, sendo perseguido por paparazzi. Dois, quando eu estava no Afeganistão, em um helicóptero Apache (principal do Exército dos Estados Unidos). E então o terceiro foi com a minha esposa. Sim, se sentir impotente dói. Realmente dói.”

O apresentador Dax Shepard comparou a perseguição que a família real vive com o filme de Peter Weir, “O Show de Truman”, em que cada momento da vida do personagem principal é transmitido sem o seu conhecimento ou consentimento. Harry concordou e disse ser uma mistura entre o filme e um zoológico.

A mudança da família do príncipe para Los Angeles, nos Estados Unidos, piorou essa parte da vida. “é um frenesi. Passamos os primeiros três meses e meio morando na casa de Tyler Perry (produtor a ator que cedeu sua mansão para Harry quando ele e a esposa Meghan Markle se mudaram do Canadá). E os helicópteros, os drones, os paparazzi pulando a cerca. Foi uma loucura.”

O Duque de Sussex revelou que teve que criar um método com sua esposa Meghan. Ainda nos primeiros dias de namoro, na primeira vez em que ela viajou para visitá-lo, ele decidiram se encontrar em um supermercado de Londres, na Inglaterra.

“A primeira vez que Meghan e eu nos encontramos para ela ficar comigo foi em um supermercado, em Londres, fingindo que não nos conhecíamos, trocando mensangens de texto do outro lado do corredor. ‘Este é o certo?’ ‘Não, você quer papel pergaminho.’ “

Harry finalizou a entrevista comentando que agora sua família se estabeleceu na nova casa e eles se sentem melhor. “Meus ombros caíram. Os dela (Meghan) também. Podemos caminhas nos sentindo um pouco mais livres.”

O Instagram do podcast postou fotos doas apresentadores com Harry. “O Príncipe Harry, duque de Sussex, vai sentar no sótão hoje para nos encantar com seu intelecto, sagacidade e postura cuidadosa ao abordar o bem-estar mental. Nós nos sentimos muito sortudos por podermos sentar com ele – que alegria”.