Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Amanda Nunes atropela Megan Anderson e mantém cinturão no UFC 259

Em grande atuação, Leoa domina e finaliza rival australiana em apenas 2m03s na defesa do título no peso-pena

Amanda Nunes atropela Megan Anderson
Amanda Nunes atropela Megan Anderson e mantém cinturão no UFC 259 (Crédito: Instagram)

A brasileira Amanda Nunes fez uma grande luta e atropelou a australiana Megan Anderson em 2m03s no co-evento principal do UFC 259, realizado na madrugada deste sábado para domingo, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

A maior da história do MMA feminino conquistou a vitória por uma finalização com uma chave de braço. Com o triunfo, a Leoa, que também é a campeã do peso-galo (até 61kg), mantém seu cinturão dos penas (até 66kg).

Amanda chegou ao 12º triunfo consecutivo na carreira e é dona da segunda maior sequência do Ultimate na atualidade. A brasileira perde apenas para Kamaru Usman, com 13.

Absoluta, a Leoa não recuou diante da envergadura da rival e ditou o ritmo do embate. Amanda aplicou uma bomba de direita em Megan Anderson e colocou a australiana so solo, encaixando um triângulo invertido antes de aplicar a chave de braço para finalizar a luta em 2m03s.

Confira todos os resultados do UFC 259

UFC 259
6 de março de 2021, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL:

Jan Blachowicz venceu Israel Adesanya por decisão unânime (49-46, 49-45 e 49-45)

Amanda Nunes venceu Megan Anderson por finalização aos 2m03s do R1

Aljamain Sterling venceu Petr Yan por desclassificação aos 4m29s do R4

Islam Makhachev venceu Drew Dober por finalização a 1m37s do R3

Aleksandar Rakic venceu Thiago Marreta por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

CARD PRELIMINAR:

Dominick Cruz venceu Casey Kenney por decisão dividida (28-29, 29-28 e 30-27)

Kyler Phillips venceu Song Yadong por decisão unânime (triplo 30-27)

Askar Askarov venceu Joseph Benavidez por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-26)

Kai Kara-France venceu Rogério Bontorin por nocaute técnico aos 4m55s do R1

Tim Elliott venceu Jordan Espinosa por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-25)

Kennedy Nzechukwu venceu Carlos Ulberg por nocaute técnico aos 3m19s do R2

Sean Brady venceu Jake Matthews por finalização aos 3m28s do R3

Amanda Lemos venceu Livinha Souza por nocaute técnico aos 3m39s do R1

Uros Medic venceu Aalon Cruz por nocaute técnico a 1m40s do R1

Trevin Jones venceu Mario Bautista por nocaute técnico aos 47s do R2

Texto publicado originalmente no site SportBuzz, da Perfil Brasil.

Mais em Perfil

Últimas Notícias