Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Brasiliense-DF goleia Vitória-ES no jogo de abertura da Copa Verde

brasiliense-df-goleia-vitoria-es-no-jogo-de-abertura-da-copa-verde

Começou nesta quarta-feira (20) a edição 2020 da Copa Verde. O Brasiliense-DF aplicou uma goleada de 4 a 0 sobre o Vitória-ES e avançou às oitavas de final. O duelo no estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF), foi transmitido ao vivo pela TV Brasil.  A próxima fase será no domingo (24), às 17h (horário de Brasilia): o Jacaré pega o Luverdense-MT no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT). O confronto também será decidido em jogo único.

Com nove desfalques por conta dos infectados pelo novo coronavírus (covid-19) e apenas um treino com a escalação do time que foi a campo, o Vitória-ES sofreu com a falta de entrosamento e a improvisação em alguns setores. Na lateral direita, por exemplo, atuou o volante Reynald, que foi muito exigido com os avanços do Brasiliense. Nos 45 minutos iniciais, o Alvianil praticamente não teve presença no ataque e se viu forçado a rifar a maioria das bolas que o sistema defensivo conseguia recuperar.

O time da casa teve o controle do primeiro tempo, mas demorou a tomar proveito da situação que lhe era favorável. O Jacaré conseguiu assustar pela primeira vez aos 25 minutos, em chute cruzado do atacante Zé Love, que desviou no zagueiro Igor Pimentel e quase enganou o goleiro Harisson, que afastou o perigo. No lance seguinte, Zé Love foi lançado na grande área pelo lateral Diogo, novamente pela esquerda, mas bateu por cima.

A pressão dos mandantes enfim deu resultado aos 45 minutos, outra vez em lance pela esquerda. Após o cruzamento, o zagueiro Léo Breno tentou afastar, mas acabou cabeceando na direção da meta. A bola passou entre os braços de Harisson e foi parar nas redes.

O gol fez com que o Brasiliense voltasse para o segundo tempo menos afobado e com mais paciência para trabalhar a bola. Logo aos sete minutos, o atacante Jefferson Maranhão deu grande passe para o meia Luquinhas ficar na cara com Harrison e marcar por cobertura, na saída do goleiro. O Jacaré passou a chegar com mais facilidade no campo do Vitória, quase sempre com Zé Love, mas o atacante, em tarde pouco inspirada, perdeu pelo menos três grandes chances.

O duelo transcorreu em ritmo cadenciado e total controle do Brasiliense. Aos 31 minutos, o meia Peninha cobrou escanteio e o volante Aldo, de cabeça, acertou a trave. Aos 38 minutos, o lateral Carlinhos bobeou na entrada da área, pela direita, e foi desarmado por Carlos Eduardo. O ex-meia de Grêmio e Flamengo rolou e o atacante Rodrigo Fumaça bateu rasteiro, no cantinho de Harisson. Já aos 44 minutos, o atacante Tobinha cabeceou e contou com uma falha do goleiro para fechar o marcador.

Outros classificados

Em outro jogo da Copa Verde iniciado às 15h30 desta quarta-feira (20), o Independente-PA bateu o Fast Clube-AM por 2 a 0 no estádio Defelê, em Brasília, classificando-se para encarar o Rio Branco-AC nas oitavas de final. O duelo será próxima quarta-feira (27), às 18h, na Arena Acreana, em Rio Branco. Os meias Fagner e Railson marcaram os gols da classificação da equipe de Tucuruí (PA).

Nas partidas iniciadas às 16h, a Aparecidense-GO atropelou a Aquidauanense-MS por 7 a 0 no estádio Annibal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO). O atacante Alex Henrique balançou as redes duas vezes. Também marcaram gols os atacantes Uederson, Cardoso, Bessa e Édipo e o meia Washington. Nas oitavas, o Camaleão enfrentará o Cuiabá na Arena Pantanal. O jogo está marcado para a próxima segunda-feira (25), às 21h.

Outro classificado é o Palmas-TO, que venceu o Real Noroeste-ES por 2 a 0 no estádio Nilton Santos, na capital tocantinense. O meia Tchô fez os dois gols do Tricolor, que terá pela frente o Vila Nova na segunda, às 16h, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. 

 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Sinop Futebol Clube (@sinopfutebolclube)

Já o Sinop-MT goleou o Águia Negra-MS por 4 a 0 no estádio Gigante do Norte, em Sinop (MT). O volante Augusto, o lateral Cristian e os meias José Ednaldo e Edimar marcaram para o Galo do Norte, que será o adversário do Atlético-GO nas oitavas de final, também na segunda, às 16h, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

Jogo adiado

O duelo entre Santos-AP e Gama, que seria realizado às 16h desta quarta-feira, no estádio Zerão, em Macapá, foi adiado. Um decreto do Governo do Amapá proibiu a realização de jogos de futebol no estado por causa do aumento de casos e internações causadas pela covid-19. Conforme o site oficial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a partida foi transferida para domingo, às 16h, no estádio Mangueirão, em Belém.

 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Sociedade Esportiva do Gama (@segamaoficial)

Regulamento

A edição 2020 da Copa Verde reúne 24 participantes das regiões Norte e Centro-Oeste e do Espírito Santo. O torneio é disputado em formato eliminatório. A primeira fase envolve 16 equipes, em confrontos decididos em jogo único, com mando do time mais bem colocado no ranking da CBF.

Nas oitavas de final, os oito classificados se juntam aos oito clubes com as melhores posições no ranking da CBF entre os participantes (Paysandu, Atlético-AC, Remo, Rio Branco-AC, Vila Nova, Cuiabá, Luverdense e Atlético-GO), que serão os mandantes dos duelos, também em jogo único. Das quartas de final até a decisão, os confrontos serão em partidas de ida e volta, com a ordem das sedes decidida por sorteio. O campeão assegura vaga direta à terceira fase da Copa do Brasil de 2021.

O torneio regional foi realizado pela primeira vez em 2014, com título do Brasília sobre o Paysandu. Em 2015, o Cuiabá levantou a taça, superando mais um paraense na final, o Remo. Nessas duas edições, o campeão ganhou vaga para a Copa Sul-Americana.

A partir de 2016, o vencedor da Copa Verde passou a entrar direto nas oitavas de final da Copa do Brasil. O Paysandu garantiu o troféu naquele ano (batendo o Gama na decisão) e também em 2018 (derrotando o Atlético-ES). Em 2017, a Luverdense foi a campeã contra o próprio Papão da Curuzu. O time paraense ainda voltaria a ser vice em 2019, vencido pelo Cuiabá, que assegurou o bicampeonato.

Agência Brasil

Mais em Perfil

Últimas Notícias