Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Comissão de Legislação Participativa debate Copa América no Brasil

Comissão de Legislação Participativa debate Copa América no Brasil
(Crédito: Canva Fotos)

Às vésperas da primeira partida da Copa América, sediada no Brasil, a Comissão de Legislação Participativa, da Câmara dos Deputados, debateu o tema nesta sexta-feira (11). Entre os convidados, esteve presente o coordenador operacional da Copa América, o médico Andre Pedrinelli. Representando a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Pedrinelli explicou que o campeonato vai seguir rigorosas regras, com protocolo aprovado pelo ministério da Saúde, e que todas as dez delegações participantes virão ao Brasil em voos fretados. Ele detalhou os cuidados que serão tomados para evitar ou reduzir o risco de contágio pelo coronavírus.

Também presente no debate, o médico do comitê de enfrentamento da covid-19, da Universidade Federal de Minas Gerais, Unaí Tupinambás, destacou que tem ciência dos cuidados que serão tomados, mas que a realização das partidas no Brasil é preocupante.

Outro convidado para o debate foi o presidente da Associação Nacional das Torcidas Organizadas do Brasil (ANATORG), Alex Minduín. Em nome da entidade, ele também disse estar preocupado com a realização das partidas porque, mesmo com os cuidados previstos, o futebol é uma paixão nacional, o que pode gerar aglomerações em bares e comunidades, além dos torcedores que se juntam nos hotéis onde ficarão hospedados os jogadores.

Nessa quinta-feira (10), o Supremo Tribunal Federal formou maioria de votos para autorizar a realização da Copa América no Brasil, durante a pandemia. Foram julgadas três ações. Segundo a corte, não existiu ato oficial do governo para trazer os jogos para cá. No entanto, a ministra Carmen Lúcia destacou que, caso as contaminações saiam do controle, o governo pode ser responsabilizado administrativamente, ou na esfera penal.

A CBF já divulgou a data da primeira partida da Copa América. A estreia vai ser do Brasil contra a Venezuela, neste domingo (13), às 18h, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Dez delegações participam do campeonato, com 65 integrantes cada uma delas. Segundo o representante da CBF, André Pedrinelli, serão 35 árbitros, 150 organizadores da Conmebol, e estão previstos mais de cem convidados especiais, nos estádios, a exemplo de autoridades e presidentes de países. Ao todo, serão 28 partidas, que vão até 10 de julho. Não haverá torcidas nos estádios.

Esportes Primeira partida está marcada para domingo (13), no Maracanã Brasília Maioria do STF nega pedidos para suspender Copa América Em nota, jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote 11/06/2021 – 13:34 Sheily Noleto/ Renata Batista Sayonara Moreno – Repórter da Rádio Nacional Copa América Câmara sexta-feira, 11 Junho, 2021 – 13:34 3:39

(Agência Brasil)