Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Futebol feminino: Erika elogia zaga da seleção para Tóquio

pilar-defensivo-da-selecao-feminina,-erika-ve-setor-forte-para-toquio

No comando da seleção brasileira de futebol feminino desde agosto de 2019, Pia Sundhage dedicou ao sistema defensivo boa parte das atenções. O setor foi o que mais teve jogadoras convocadas pela técnica – 23 – e a dedicação tem dado resultado: são apenas oito gols sofridos em 18 jogos. É preciso de mais de duas partidas para, enfim, conseguir vazar o Brasil. 

Quando Erika esteve em campo, o retrospecto é ainda melhor: somente dois gols cedidos em dez ocasiões. Titular sempre que atuou com Pia, a defensora do Corinthians prefere enaltecer todo o setor.

“Todas as jogadoras que estão aqui integradas são as melhores para a Pia. Fico feliz pelas atuações, por estar jogando com a Rafa, a Benites e a Poliana. Temos uma zaga muito forte. Independente de quem estiver em campo, será feito o melhor possível”, declarou.

Erika conversou com os jornalistas em uma entrevista coletiva por videoconferência direto de Portland (Estados Unidos). É lá que a seleção está reunida desde o último sábado (26) para três semanas de treinamento que antecedem a viagem ao Japão no próximo dia 15 de julho.

E se o clima é de expectativa pela Olimpíada, na última quarta-feira (30) ficou ainda mais animado, com o anúncio de que a Federação Internacional de Futebol (Fifa) liberou o aumento de 18 para 22 jogadoras convocadas. Com isso, as quatro atletas que Pia chamou como suplentes – a goleira Aline Reis, a lateral Letícia Santos, a meia-atacante Andressa Alves e a atacante Giovana Queiroz – também estarão à disposição para Tóquio. Erika conta como o grupo soube da novidade.

“Nós estávamos saindo do treino e a Tamires, que estava no vestiário, viu a notícia na hora e ficamos na euforia, querendo abraçar as meninas. A gente sabe que, independente de qualquer coisa, elas estão conosco, com o grupo, mas proporcionou uma alegria mais intensa”, finalizou.

A estreia do Brasil na Olimpíada será em 21 de julho, diante da China, no estádio Miyagi, em Rifu.

Esportes Zagueira colabora com baixa média de gols sofridos na era Pia Sundhage São Paulo Pilar defensivo da seleção feminina, Erika vê setor forte para Tóquio 01/07/2021 – 17:15 Renata Batista – Editora da Radioagência Nacional Lincoln Chaves – Repórter da Rádio Nacional Tóquio 2020 Olimpíada Futebol Feminino quinta-feira, 1 Julho, 2021 – 17:15 2:01

(Agência Brasil)

Mais em Perfil

Últimas Notícias