Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Goiás busca empate com Bahia no fim, mas resultado é ruim para ambos

goias-busca-empate-com-bahia-no-fim,-mas-resultado-e-ruim-para-ambos

O movimentado empate por 3 a 3 entre Bahia e Goiás inaugurou a 35ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro neste sábado (6), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Apesar do jogo emocionante, com duas viradas no placar e o empate esmeraldino nos acréscimos, o resultado foi ruim para ambos, que lutam contra o rebaixamento à Série B.

 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Esporte Clube Bahia (@ecbahia)

O Tricolor de Aço deixa temporariamente o Z4 e assume a 16ª posição, com os mesmos 37 pontos do Vasco, ficando à frente do Cruzmaltino por ter uma vitória a mais (dez a nove). O Gigante da Colina ainda joga na rodada e pode ultrapassar novamente os baianos. O Verdão permanece em penúltimo lugar, com 33 pontos, e segue na zona de rebaixamento, podendo ter a queda decretada na próxima jornada, conforme os demais resultados.

No primeiro terço da etapa inicial, o Goiás foi melhor. Não à toa, foi quem abriu o placar aos 16 minutos, após uma penalidade marcada com auxílio do árbitro de vídeo. O atacante Vinícius recebeu na esquerda, cruzou e a bola tocou no braço do volante Gregore. Alertado pelo VAR, o árbitro Rafael Traci assinalou a infração. Ex-Bahia, Fernandão bateu forte, no meio do gol. O goleiro Anderson defendeu com os pés, mas a bola bateu no travessão e, no rebote, o próprio centroavante empurrou para as redes.

A partir daí, o Tricolor se soltou e respondeu rapidamente. Aos 25 minutos, o zagueiro David Duarte afastou mal e o atacante Gilberto, na sobra, soltou a bomba para empatar. Aos 35, o Esmeraldino quase retomou a dianteira com Fernandão, que finalizou quase da entrada da pequena área, após passe de trivela do meia Shaylon, mas Anderson mandou para escanteio. A virada veio aos 47 minutos. Gilberto lançou Gabriel Novaes pela esquerda, dentro da área. O atacante cortou David Duarte e bateu no canto.

Porém, a vantagem baiana só durou até os três minutos do segundo tempo: o atacante Índio cruzou pela direita e Vinícius, entre dois marcadores e o goleiro, igualou o marcador de cabeça. A missão tricolor de buscar a vitória parecia ficar mais difícil aos 20 minutos, com a expulsão de Daniel. O meia, que tinha entrado havia sete minutos, dividiu a bola com o atacante Rafael Moura, ambos com o pé alto. Rafael Traci, porém, entendeu que o camisa 8 do Bahia foi agressivo e deu o cartão vermelho direto.

Com um a mais, o Goiás tentou aumentar o volume ofensivo. Aos 27 minutos, os chutes dos volantes Miguel Ferreira e Ariel Cabral passaram rente à meta baiana. Em meio ao cenário desfavorável, o Tricolor voltou a ficar à frente aos 33 minutos. O meia Alesson aproveitou um chutão de Anderson e ficou na cara de Marcelo Rangel. O camisa 21 driblou o goleiro e mandou para o gol. O Esmeraldino pressionou e, no último minuto dos acréscimos, Fernandão, de cabeça, fez valer novamente a lei do ex e deu números finais ao placar.

A luta de ambos contra o rebaixamento segue no próximo sábado (13). O Goiás abre a 36ª rodada do Brasileirão contra o Botafogo, às 17h (horário de Brasília), no estádio da Serrinha, em Goiânia, com transmissão da Rádio Nacional. O Verdão tem de ganhar para ter alguma esperança de não ter a queda decretada por antecipação. Já o Bahia visita o Atlético-MG às 19h, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Confira a classificação da Série A do Campeonato Brasileiro.

Agência Brasil