Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

PF vai apurar suposta falsidade ideológica de jogadores da Argentina

pf-vai-apurar-suposta-falsidade-ideologica-de-jogadores-da-argentina

A Polícia Federal abriu inquérito para apurar se quatro jogadores da seleção argentina de futebol cometeram crime de falsidade ideológica para entrar no Brasil. Os policiais colheram os depoimentos antes do retorno da equipe à Argentina, na noite desse domingo (05). 

De acordo com a Anvisa, o goleiro Emiliano Martínez, o zagueiro Cristian Romero, o volante Giovani Lo Celso e o atacante Emiliano Buendía mentiram ao preencher o formulário oficial de saúde do viajante. Eles jogam na Inglaterra, mas disseram que não estiveram recentemente no Reino Unido, Irlanda do Norte, África do Sul e Índia.

Os quatro também não fizeram o exame RT-PCR nem a quarentena, que são obrigatórios para quem passou por um desses quatro países. Ainda no sábado (04), a Anvisa comunicou que eles só poderiam sair do isolamento no hotel para deixar o Brasil. Mas os jogadores descumpriram essa determinação e foram nesse domingo (05) para a Neo Química Arena, em São Paulo.

Por isso, agentes da Anvisa e da Polícia Federal interromperam o clássico sul-americano aos 4 minutos e 50 segundos.

A Fifa informou que já recebeu os primeiros documentos sobre a partida válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo do Catar. Em nota, disse que os órgãos disciplinares vão avaliar o que fazer. O jogo pode ser cancelado ou marcado para outro dia.

As duas seleções voltam a campo na quinta-feira (09), mas em partidas separadas. O Brasil enfrenta o Peru, na Arena Pernambuco, em Recife, e a Argentina joga contra a Bolívia, no Estádio Monumental de Núñez, na capital Buenos Aires.

Esportes Brasília 06/09/2021 – 14:12 Sheily Noleto / Guilherme Strozi Victor Ribeiro – Repórter da Rádio Nacional Argentina CBF Anvisa segunda-feira, 6 Setembro, 2021 – 14:12 1:34

(Agência Brasil)

Mais em Perfil

Últimas Notícias