Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Porto é derrotado pela Juventus, mas garante classificação na Champions League

Com grande expectativa, equipes se enfrentaram na partida de volta das oitavas de final

Porto é derrotado pela Juventus
Porto é derrotado pela Juventus ( Crédito: Phillip Kofler por Pixabay)

Na tarde desta terça-feira, 09, Juventus e Porto entraram em campo para disputar a partida de volta das oitavas de final da Champions League. Após a vitória por 2 a 1 no jogo de ida, o time português lutava pelo empate para carimbar vaga na próxima fase.

Apesar da vantagem, o Porto sofreu bastante com a expulsão de Taremi e observou a Juventus dominar o segundo tempo para sair com a vitória pelo placar de 2 a 1. Com o resultado, a partida foi para a prorrogação.

Por lá, o time italiano seguiu na frente e terminou o duelo com o placar de 3 a 2. Contudo, o resultado foi favorável aos portugueses, que avançaram às quartas de final da Champions League.

JOGO!

O primeiro tempo começou e o Porto logo assustou a meta adversária. Aos dois minutos, Uribe chutou da entrada da área e mandou rente à trave. No lance seguinte, a Juventus deu a resposta. Após cruzamento da direita, Morata cabeceou firme e o goleiro espalmou.

Mesmo com a vantagem, o Porto atacava com frequência e buscava abrir o placar. Aos seis, Taremi ficou com a sobra da defesa e cabeceou no travessão. Mais efetivo, a equipe portuguesa conseguiu pênalti no minuto 17.

Após se antecipar na jogada, Taremi foi derrubado por Demiral. Sem dúvidas, o juiz marcou a penalidade. Na cobrança, Sérgio Oliveira deslocou o goleiro e abriu o placar. 1 a 0. Com mais dificuldades, a Juventus sequer levava perigo ao gol adversário.

Aos 24, o Porto teve mais uma chance em chute de Otávio, mas o goleiro fez a defesa. Aos 26, a Juventus chegou com perigo. Após cruzamento, Morata dominou no peito e bateu na saída do goleiro, que fechou o canto e evitou o empate. Intervalo!

A segunda etapa teve início e a Juventus logo chegou ao empate. Aos quatro minutos, Cristiano Ronaldo foi lançado no campo de ataque e ajeitou para Chiesa, que mandou no ângulo para deixar tudo igual. 1 a 1.

Com a pressão, o Porto sentiu o gol de empate. Aos oito minutos, a situação ficou ainda pior. Após chutar a bola com o jogo parado, Taremi levou o segundo amarelo e acabou sendo expulso. Porto com um a menos!

No embalo da etapa final, a Juventus se manteve no campo de ataque. Aos 11, Rabiot lançou para Chiesa, que se antecipou ao goleiro e partiu para marcar o segundo. Porém, Pepe chegou junto e tirou a bola da trajetória do gol.

Apesar dos esforços defensivos do Porto, a Juventus logo virou o marcador. Aos 18 minutos, Cuadrado mandou cruzamento da direita e Chiesa surgiu no meio de todo mundo para cabecear firme. 2 a 1.

Aos 24, a Juventus quase marcou o terceiro. Em chute de longe, Rabiot mandou uma bomba e o goleiro espalmou. No estilo ataque contra defesa, o time italiano seguia pressionando para evitar a prorrogação.

Aos 33, Cuadrado mandou mais um cruzamento para a área e encontrou Cristiano Ronaldo, que cabeceou mal e mandou para fora. Aos 37, Chiesa apareceu novamente em rápido contra-ataque, limpou a marcação e bateu para defesa do goleiro.

Aos 38, o Porto respondeu em chute de fora da área. Sarr mandou a bomba e Szczesny espalmou. Já nos minutos finais, o time português chegou com Marega, que girou sobre a marcação e mandou na rede pelo lado de fora.

Aos 45, Morata até balançou as redes, mas estava impedido. Aos 47, a Juventus ainda teve mais uma oportunidade. Pelo lado direito, Cuadrado mandou de canhota e acertou o travessão do Porto. Fim de papo!

PRORROGAÇÃO

No primeiro tempo da prorrogação, o físico dos jogadores parecia pesar. Sem grandes emoções, as equipes demonstravam receio em partir para o campo de ataque. Tanto que o principal lance de perigo aconteceu apenas aos oito minutos.

Após lindo lance de Corona, a bola foi alçada dentro da área e Marega cabeceou nas mãos do goleiro. Aos 12, a Juventus pediu pênalti sobre Cristiano Ronaldo, mas a arbitragem mandou seguir o lance.

No segundo tempo da prorrogação, a Juventus voltou mais ofensiva e tentava ensaiar uma pressão. Porém, a equipe não conseguia criar chances claras de gol. Aos quatro minutos, Kulusevski teve boa oportunidade, mas foi travado pela defesa.

No minuto seguinte, o Porto respondeu. Após boa jogada pela esquerda, Grujic ficou com o domínio da bola e recuou a finalização. Aos sete, a Juventus chegou novamente, mas Morata mandou no centro do gol.

Já aos 10 minutos, o Porto aproveitou a bola parada para deixar tudo igual. Em cobrança rasteira, Sérgio Oliveira mandou no cantinho e colocou a equipe portuguesa na igualdade. Porém, o resultado durou pouco tempo.

Aos 12 minutos, Rabiot aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou para o fundo das redes. 3 a 2. Porém, a Juventus ainda precisava de mais um gol. Nos minutos finais, a equipe até pressionou, mas acabou sendo eliminada pelo critério de gols fora de casa. Fim de papo!

Texto publicado originalmente no site SportBuzz, da Perfil Brasil.

Veja também

Esporte

Equipe vai enfrentar o vencedor de Manchester City e Borussia Dortmund nas semifinais da competição

Esporte

Pela primeira vez na história, a Copa Sul-Americana terá uma fase de grupos. As chaves foram sorteadas pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) nesta sexta-feira (9)....

Esporte

O Criciúma garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil após superar a Ponte Preta na disputa de pênaltis em jogo...

Esporte

Um gol do atacante Ribamar, ex-Vasco, nos minutos finais, evitou a segunda derrota consecutiva do América-MG pelo Campeonato Mineiro. Nesta quinta-feira (8), o Coelho...