Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Série B: Brusque e Avaí ficam no 0 a 0

serie-b:-brusque-e-avai-ficam-no-0-a-0

O Brusque e o Avaí empataram sem gols, nesta sexta-feira (3), pela 22ª rodada da série B do Brasileirão. No clássico catarinense, quem lamentou muito foi o torcedor do Avaí. O time teve um jogador a mais por cerca de 40 minutos e ainda viu a vitória escorrer entre os dedos após um pênalti perdido.

O Brusque até quis mostrar que quem mandava no estádio Augusto Bauer era ele. Mas convenceu apenas nos primeiros minutos. O Avaí foi ficando mais à vontade no jogo à medida que o tempo passava. O experiente lateral direito Edílson era um dos principais articuladores do time. Do outro lado, o Brusque foi recuando e parou de criar chances. As melhores oportunidades do time da casa se deram em jogadas invalidadas pela arbitragem, marcando impedimento.

O Avaí voltou para o segundo tempo na mesma intensidade, mas o gol não amadurecia. Aos dez minutos o principal capítulo do jogo foi escrito. O goleiro Zé Carlos, do Brusque, recebeu uma bola recuada do zagueiro e se enrolou todo diante do atacante Getúlio. Ele perdeu a bola e derrubou o adversário. O árbitro Marcelo de Lima Henrique marcou o pênalti e expulsou Zé Carlos.

Um pênalti contra e um jogador a menos. Tudo indicava ser o roteiro de uma derrota quadricolor. Mas a noite era do goleiro reserva Ruan Carneiro. Que, mesmo sem ter tempo para aquecer, entrou em campo e defendeu o pênalti cobrado por Edílson. O alívio de todos os jogadores e comissão técnica do time da casa foi notório. Em vez de fazer valer a superioridade numérica, o Avaí sentiu a oportunidade perdida e foi esfriando na partida. Parou de controlar o jogo e o gol foi ficando mais distante. Bom para os donos da casa, que segurou o 0 a 0 até o apito final.

Com o resultado, o Avaí chegou a 34 pontos e ocupa a sexta posição na tabela, na briga pelo G4. Já o Brusque continua na 13ª posição, com 27 pontos. Na próxima rodada, o Avaí enfrenta o Vasco em casa e o Brusque visita o líder Coritiba.

Igualdade em São Januário

Quem também empatou na rodada, mas por 1 a 1, foram Vasco e Brasil de Pelotas. Mesmo fora de casa, o time gaúcho abriu om placar com Erison. Porém, o Cruzmaltino deixou tudo igual com Daniel Amorim. Jogando em São Januário, a equipe carioca teve uma oportunidade de ouro para garantir a vitória. Mas o atacante argentino Cano perdeu cobrança de pênalti.

Na próxima rodada o Brasil de Pelotas pega o Confiança.

Vitória em Campinas

No terceiro jogo da Série B desta sexta que começou às 19h (horário de Brasília), a Ponte Preta superou o Sampaio Corrêa por 3 a 2 no estádio Moisés Lucarelli.

(Agência Brasil)

Mais em Perfil

Últimas Notícias