Fale conosco

O que vc está procurando?

Esporte

Série D: reformulados, Jaraguá e Gama duelam após frustração estadual

serie-d:-reformulados,-jaragua-e-gama-duelam-apos-frustracao-estadual

A Série D do Campeonato Brasileiro começa neste sábado (5) para Jaraguá-GO e Gama-DF, que se enfrentam no estádio Amintas de Freitas, em Jaraguá (GO), a partir das 15h30 (horário de Brasília), pelo Grupo 5. A TV Brasil transmite a partida ao vivo.

As duas equipes foram sensivelmente reformuladas após os respectivos torneios estaduais. Semifinalista do Campeonato Goiano em 2020, o Jaraguá não repetiu o bom desempenho nesta temporada e foi rebaixado à divisão de acesso. A princípio, o Gavião da Serra não disputaria a Série D, alegando problemas financeiros, mas voltou atrás após a mudança na diretoria, no fim de maio. O acesso é a única forma de a equipe garantir um calendário nacional em 2022.

“Quando assumimos, corremos atrás. O clube tinha perdido o tempo [limite] para desistência da Série D. Quando você entra na tabela, não tem mais jeito. Em caso de desistência, a penalidade é grande, inclusive podendo ficar dois anos sem jogar campeonato oficial. Montamos uma equipe competitiva”, declarou o novo presidente do Jaraguá, Breno Leite, à Agência Brasil.

 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jaraguá Esporte Clube 🦅 (🏠😷) (@jaraguaec)

O clube firmou parceria com a Associação Esportiva Evangélica (Assev) e terá como base uma equipe sub-20, reforçada, inicialmente, com cinco jogadores mais experientes. Entre eles, o meia Irlan, que fez parte do time que conquistou o acesso na terceira divisão goiana em 2017. Os últimos atletas anunciados foram o lateral Thiago Pina e o meia Renato. Segundo o técnico Coutinho, mais uma cara nova para a Série D, o zagueiro Café e o meia Felipe Tavares são remanescentes do grupo que disputou o Estadual.

Apesar de ter feito a segunda melhor campanha da fase de grupos da última Série D, o Gama sofreu com uma crise financeira e perdeu os principais atletas antes do mata-mata, onde caiu para o Goianésia-GO no primeiro confronto. O Papagaio tenta retornar à terceira divisão pela primeira vez desde 2010, quando foi rebaixado ao lado de Alecrim-RN, Juventude (hoje na Série A) e São Raimundo-PA.

Como ficou em terceiro no Candangão, com duas derrotas pesadas para o Brasiliense no quadrangular semifinal (3 a 0 em casa e 4 a 0 fora) e perdendo a chance do tricampeonato, o Gama precisa conquistar o acesso à Série C para garantir um calendário nacional no próximo ano. Caso fique pelo caminho, o Verdão terá de torcer pelo sucesso do Jacaré para herdar a vaga do rival na próxima quarta divisão (a outra é do Ceilândia, vice-campeão distrital em 2021).

 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Sociedade Esportiva do Gama (@segamaoficial)

Para depender só de si, o clube foi ao mercado e trouxe 14 reforços, além do técnico Ricardo Colbachini. O lateral Romarinho e o atacante Robertinho são as mais recentes adesões ao elenco, que também ganhou corpo com o goleiro Douglas Silva, os zagueiros Wendel e Elenilson, os laterais Gabiga e Gabriel Arantes, os volantes Rafael Carrilho, Elizeu e Germano, o meia Elias e os atacantes Vitor Xavier, Vitinho e Hugo Almeida. Os reforços estão regularizados e à disposição para a estreia.

Outras três partidas abrem o Grupo 5 neste fim de semana. Também no sábado, o Brasiliense-DF recebe o Goianésia no estádio Ciro Machado do Espírito Santo, o Defelê, em Brasília. O clube decidiu poupar a Boca do Jacaré para o jogo decisivo contra o Grêmio, na quinta-feira (10), às 15h30, pela terceira fase da Copa do Brasil.

No domingo (6), o União Rondonópolis-MT pega o Porto Velho-RO às 16h, no estádio Engenheiro Luthero Lopes, em Rondonópolis (MT). No mesmo horário, a Aparecidense-GO mede forças contra o Nova Mutum-MT no estádio Aníbal Toledo, em Aparecida do Norte (GO).

(Agência Brasil)