Fale conosco

O que vc está procurando?

Mundo

Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos

assuncao-registra-violencia-apos-resposta-a-pandemia-gerar-protestos

Manifestantes e polícia entraram em conflito na capital do Paraguai, Assunção, na noite desta sexta-feira (5), depois que a maneira como o governo vem lidando com a pandemia gerou protestos e causou a renúncia da principal autoridade sanitária do país.

Forças de segurança atiraram balas de borracha e gás lacrimogêneo contra a multidão de centenas de pessoas reunidas em torno do prédio do Congresso, enquanto manifestantes furaram barreiras, queimaram barricadas nas ruas e atiraram pedras na polícia.

Os protestos, que transformaram o centro histórico da capital em um campo de batalha com fogo, fumaça e tiros, eclodiram em meio à crescente revolta da população por conta das taxas de infecção recordes por coronavírus, além de hospitais à beira do colapso.

Na sexta-feira, o ministro da Saúde do Paraguai, Julio Mazzoleni, renunciou, um dia depois que parlamentares do país pediram sua saída.

*Com informações da agência Reuters.

(Agência Brasil)

Veja também

Saúde

O Brasil vai receber 842.400 doses da vacina da farmacêutica Pfizer/BioNTech contra a covid-19. A informação foi dada pelos coordenadores da Covax Facility ao...

Brasil

Morreu ontem (12), vítima de covid-19, o jornalista Aloy Jupiara. Ele tinha 56 anos e estava internado desde 29 de março. O jornalista estava no CTI do...

Saúde

O Instituto Butantan vai reforçar as informações sobre a aplicação da vacina CoronaVac contra a pandemia de covid-19. Segundo o instituto, foi constatado que...

Saúde

Cerca de 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a covid-19 atrasada. O dado foi trazido nesta terça-feira (13)...