Fale conosco

O que vc está procurando?

Mundo

“Os brasileiros saíram da selva”, afirma presidente argentino

Após a repercussão negativa da situação o presidente se desculpou através das suas redes sociais

Os brasileiros saíram da selva disse presidente argentino
Presidente da Argentina Alberto Fernández (Crédito: Ricardo Ceppi/Getty Images)

O presidente argentino Alberto Fernández recebeu a visita do presidente da Espanha Pedro Sánchez e tentou citar uma frase de Octavio Paz, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura, mas em vez disso usou a letra de uma das músicas do cantor e compositor Litto Nebbia.

“Certa vez, Octavio Paz escreveu que os Mexicanos saíram dos índios, os brasileiros saíram da selva, mas nós, os argentinos, saímos dos navios. Eram navios que vieram da Europa”, disse Alberto para Sánchez e empresários dos dois países, ao invés de “os mexicanos descendem dos astecas; os peruanos dos incas e os argentinos dos navios”, essa frase sim atribuída ao poeta mexicano Octavio Paz.

Após a repercussão negativa da situação o presidente se desculpou através da sua rede social.

“Afirmou-se mais de uma vez que ‘os argentinos descendem de navios’. Na primeira metade do século 20, recebemos mais de 5 milhões de imigrantes que viviam com nossos povos nativos. Nossa diversidade é um orgulho”.

“Eu não quis ofender ninguém, em qualquer caso, peço desde já desculpas a quem se sentiu ofendido ou invisibilizado”.

Repercussão Brasil

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, reagiu em seu Twitter e publicou uma foto ao lado de índios. Na legenda, Bolsonaro escreveu a palavra “selva” e postou a bandeira do Brasil.

O filho do presidente e deputado federal, Eduardo Bolsonaro, também se manifestou sobre a situação e chamou o presidente argentino de racista.

“Não dirão que foi racista contra indígenas e africanos que formaram o Brasil? Porém, afirmo: o barco que está afundando é o da Argentina“.

Mais em Perfil

Últimas Notícias