Fale conosco

O que vc está procurando?

Mundo

Sul-africanos estão ansiosos para retomar turismo

Voos cancelados afetam o setor de turismo da África

sul-africanos-estao-ansiosos-para-retomar-turismo
Passeio na África (Photo by Cameron Spencer/Getty Images)

A população da África do Sul recebeu algumas informações de que voos internacionais para o país, seriam cancelados para conter a disseminação da nova variante Ômicron. Além de preocupar toda a população, essa notícia afetou os sul-africanos, em especificamente pessoas que trabalham no setor de turismo, pois já estavam programadas para retomarem com às suas atividades.

De acordo com à CNN, a cientista de dados, Fernanda Cuti disse que a população da África do Sul acredita que as medidas de restrições acabaram penalizando os sul-africanos. Ela afirma que, o fato de os pesquisadores apontarem que a variante não tinha surgido no país, e que cientistas da África do Sul estavam ajudando a mapear a nova variante, não foi recebido por outras nações como os sul-africanos esperavam.

“Quando houve a divulgação desse novo sequenciamento, a população estava vendo como positivo. Fizemos um favor ao mundo para que se preparem e a África do Sul está sendo penalizada. Depois disso, os sul-africanos passaram a ver bloqueio das fronteiras”.

Outras observações relatadas à CNN, foi que Fernanda acredita que a população anda esperançosa para que as próximas informações da nova variante possam ser tranquilas. Ela também afirma que com a chegada da vacina o setor de turismo, um dos mais importantes para economia do sul da África vibrava com a programação da volta das atividades.

Recentemente, as novas informações são que a nova variante Ômicron já estava na Holanda antes mesmo de ser identificada na África. A partir de declarações de órgãos do serviço de saúde da Holanda é importante analisar as datas, visto que duas pessoas que testaram positivo na Holanda já estavam lá, pelo menos uma semana antes do anúncio do país africano. Ou seja, isso pode significar que a variante já circulava pela Europa.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), classificou a Ômicron como uma variante preocupante e com isso, alguns países estabeleceram restrições de voos com origem em locais onde a nova variante já foi identificada.

Algumas pessoas se manifestaram nas redes sociais em defesa da África, após novas informações mostrarem que a Ômicron, antes circulava na Europa.

Mais em Perfil

Últimas Notícias