Fale conosco

O que vc está procurando?

Mundo

West Virginia, nos EUA, oferece US $100 para jovens que aceitem ser vacinados contra COVID-19

Dada a campanha ineficaz com os jovens, aqueles que têm 16 à 35 anos e residem no estado de West Virginia receberão um título de capitalização de $ 100.

Virgínia Ocidental, nos EUA, oferece US $100 para jovens que aceitem ser vacinados
Virgínia Ocidental, nos EUA, oferece US $100 para jovens que aceitem ser vacinados (Canva Fotos)


Um dos problemas enfrentados pelos governos do mundo na luta contra a pandemia do coronavírus é a falta de vacinas. No entanto, existe um problema menos comum, mas alarmante, que são os poucos vacinados antes das campanhas de vacinação que não são eficazes o suficiente como esperado. Isso levou a uma vacinação excessiva em West Virginia, nos Estados Unidos, e uma medida curiosa foi implementada: para jovens residentes entre 16 e 35 anos que forem vacinados haverá um bônus de US $ 100.

O governador republicano Jim Justice disse na segunda-feira, 26 de abril, que a medida era “reativar” a vacinação do grupo demográfico que, segundo as autoridades, é o mais provável de espalhar o vírus. São cerca de 380 mil pessoas nessa faixa etária.

Justice disse que escolheu um título de capitalização, em vez de apenas dinheiro, por causa de seu fator “patriótico” e porque ele deseja que os jovens “realmente vejam e entendam que fizeram algo que é realmente significativo”. Um título pode levar muitos anos para amadurecer e atingir seu valor total. O estado usará dinheiro federal da Lei CARES para cobrir os custos.

O novo incentivo foi anunciado no momento em que o estado tenta reverter seu lento programa de vacinação. As autoridades também estão considerando propostas para tornar as clínicas de vacinas mais onipresentes, realizando eventos em escolas, feiras e muito mais.

O governador disse anteriormente que o mandato obrigatório das máscaras poderia ser suspenso se 70% dos residentes elegíveis fossem vacinados. Atualmente, 47,5% dos residentes com 16 anos ou mais receberam pelo menos uma dose, mostram os dados estaduais.

“Precisamos passar de nossa população mais velha para a mais jovem. Os jovens são a chave agora.”, disse Justice

O número total de casos positivos em todo o estado na semana passada caiu 12% para 1.702 casos em comparação com a semana anterior. Havia 260 pessoas hospitalizadas por COVID-19 na sexta-feira, os últimos dados estaduais disponíveis.

O número de mortes relacionadas ao COVID-19 em todo o estado caiu pela terceira semana consecutiva. Houve 36 mortes relatadas durante a semana que terminou no domingo.

O oficial de saúde do estado, Dr. Ayne Amjad, disse que 162 mortes relatadas anteriormente estavam incorretamente relacionadas ao COVID-19. Dados estaduais mostram que 2.821 mortes por coronavírus totais foram relatadas durante a pandemia.

*Texto publicado originalmente no site Perfil Argentina