Fale conosco

O que vc está procurando?

Saúde

Como aliviar o mal-estar do tempo seco na hora de se exercitar

Segundo a especialista Dani Borges, não é preciso diminuir a frequência de exercícios, mas escolher os melhores horários do dia para treinar e apostar no consumo de água e alimentos leves; Confira mais dicas

Como aliviar o mal-estar do tempo seco na hora de se exercitar
(Crédito: Divulgação/ MF Press Global)

Os brasileiros estão sofrendo com o tempo seco que prevalece em várias regiões do país e causa mal-estar em certas atividades do dia a dia. Em algumas regiões, como o sudeste, a umidade relativa do ar chegou a registrar variações entre 11% e 20% neste mês de agosto. Mas o ar seco e o calor podem trazer complicações que vão além do desconforto e dificuldade para respirar, sobretudo para praticantes de atividades físicas.

“O tempo seco e a poluição do ar, características neste período do ano, não permitem a respiração adequada e sobrecarregam os alvéolos pulmonares, responsáveis pela troca gasosa (que transformam o oxigênio em gás carbônico), fazendo com que o processo respiratório seja mais trabalhoso, demande mais gasto energético, resultando em frequência respiratória aumentada, fadiga, recuperação mais lenta e mal-estar”, afirma a nutricionista e educadora física, Dani Borges.

Com cerca de 420 mil seguidores apenas no Instagram, a profissional também esclarece que nesse momento uma das principais estratégias para amenizar os efeitos nocivos da baixa umidade do ar é redobrar a hidratação com água e alimentos ricos em líquidos.

“Beber água é fundamental em qualquer época do ano, neste momento, mais ainda. Além disso, é possível se hidratar consumindo frutas mais ricas em líquidos, como melancia, abacaxi e  laranja”, complementa.

Dicas importantes

  • Evite os horários mais quentes do dia e priorize os mais frescos, como as primeiras horas da manhã e o fim de tarde e noite.
  • Não é preciso diminuir a frequência, mas respeite seu tempo e seu ritmo. Procure fazer a respiração adequada entre os exercícios, inalando pelo nariz e expirando pela boca, fazendo o ciclo completo.
  • Não consuma alimentos pesados e gordurosos que dificultam a digestão. Opte por vegetais como brócolis e abobrinha, que são leves, nutritivos e ricos em água.

Mais em Perfil

Últimas Notícias