Fale conosco

O que vc está procurando?

Saúde

Covid-19: Ribeirão Preto fecha comércio e transporte público

covid-19:-ribeirao-preto-fecha-comercio-e-transporte-publico

Ribeirão Preto, município com mais de 700 mil habitantes do interior paulista, vai fechar o comércio e interromper o transporte coletivo a partir de amanhã (27). As medidas de endurecimento da quarentena foram justificadas pela prefeitura como uma forma de tentar reduzir a ocupação dos leitos de terapia intensiva (UTI) no município.

As restrições ficarão em vigor até segunda-feira (31). “Na segunda-feira,  depois de acompanhar as medidas restritivas, vamos anunciar se haverá flexibilização ou não”, disse o prefeito Duarte Nogueira ao anunciar as novas restrições.

Supermercados, padarias, assim como todo o comércio devem manter as portas fechadas. No entanto, está autorizado o funcionamento por sistema de entregas até às 23h, inclusive para alimentos e bebidas. Os supermercados e hipermercados também podem funcionar em esquema de drive-thru, se tiverem estrutura para oferecer o serviço separado da loja comum.

Escolas e serviços em geral estão proibidos de funcionar no período de quinta-feira a segunda-feira. Parques também serão fechados.

Exceções

Entre os setores que estão autorizados estão os serviços de atendimento à saúde, incluindo farmácias, e de atendimento veterinário. Os serviços de transporte por aplicativo e de taxi estão autorizados a operar, assim como a locação de veículos. Os ônibus deixarão de circular.

Os escritórios de contabilidade podem funcionar com até 60% da capacidade para atender a demanda dos últimos dias para a entrega da Declaração do Imposto de Renda. Postos de combustível e revendedores de gás estão autorizados a manter funcionamento no período.

As agências bancárias seguem abertas. As indústrias e a construção civil também podem manter as atividades.

A prefeitura vai manter ainda a defesa civil e os serviços de assistência social à população vulnerável.

Situação da pandemia

Segundo a prefeitura, a ocupação de leitos de UTI chegou a 96% da capacidade na segunda-feira (24) e 85% das vagas em enfermarias. Até ontem (25), Ribeirão Preto tinha 1.070 mortes por covid-19 em 2021, superando as 1.043 vítimas da doença registradas ao longo de 2020. A cidade já confirmou mais de 77 mil casos da doença em toda a pandemia.

Confinamento

Outras cidades do interior paulista endureceram o confinamento nos últimos dias para tentar reduzir a disseminação do novo coronavírus. O fechamento do comércio e o toque de recolher, com interrupção do transporte público está em vigor em Batatais desde o último dia 15. O município recebeu, no último sábado (22), apoio do Exército para fazer desinfecção das unidades de saúde.

Medidas semelhantes foram tomadas em Franca, Bebedouro, Viradouro, Taiúva e Batatais. As prefeituras tentam evitar o colapso dos sistemas de saúde e a falta de insumos, como oxigênio.

(Agência Brasil)