Fale conosco

O que vc está procurando?

Saúde

Estado de SP anuncia fim da obrigatoriedade do uso de máscara ao ar livre a partir de dezembro

O anúncio foi feito pelo governador João Dória (PSDB) nesta quarta-feira (24) e deve valer a partir de 11 de dezembro

Estado de SP anuncia fim da obrigatoriedade do uso de máscara ao ar livre a partir de 11 de dezembro
O uso de máscara continua obrigatório em áreas internas e no transporte público, inclusive dentro dos terminais de ônibus e estações do metrô. (Crédito: Rodrigo Paiva/ Getty Images)

O governo de São Paulo vai desobrigar o uso de máscara em ambientes ao ar livre a partir do dia 11 de dezembro, mesmo sem atingir a meta de redução de indicadores da pandemia que havia sido estipulada pela própria gestão estadual.

O uso de máscara continua obrigatório em áreas internas e no transporte público, inclusive dentro dos terminais de ônibus e estações do metrô. O anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (24).

A proposta ocorre em meio a um crescimento no número de casos no estado e foi aprovada pelo Comitê Científico, grupo de especialistas que orientam a gestão de João Dória durante o momento pandêmico.

A média móvel diária de mortes registrada no estado nesta quinta-feira (24), apresenta, para os especialistas, tendência de alta. Já a média diária de casos aponta tendência de estabilidade.

No final do mês passado, o governo do estado havia condicionado a flexibilização aos seguintes indicadores:

  • Vacinação completa de 75% da população
  • Média diária de casos abaixo de 1.100
  • Média diária de mortes abaixo de 50
  • Média diária de internações abaixo de 300

Por enquanto, apesar dos números próximos, os indicadores não foram atingidos. Os dados desta quarta-feira (24) são:

  • Vacinação completa da população: 74,5%
  • Média diária de casos: 1.289
  • Média diária de mortes: 61
  • Média diária de internações: 318

Para João Dória, a meta de 75% da população vacinada deve ser atingida no estado nesta quinta-feira (25).

Apesar da liberação do uso da máscara ser uma orientação para todo o estado, o governo estadual afirma que as prefeituras têm autonomia para decidir continuar com a obrigatoriedade por mais tempo.

Uma pesquisa recente realizada pela Doctoralia, empresa do Grupo Docplanner – maior plataforma de saúde do mundo–, apontou que, mesmo com o avanço da vacinação, 37% das pessoas afirmam que não abandonarão o uso da máscara mesmo após a imunização completa.

O levantamento, que busca entender o comportamento dos brasileiros após esquema vacinal completo também mostrou que 34% continuarão utilizando álcool em gel, 28% respeitarão o isolamento social e apenas 1% não pretende tomar nenhuma medida de prevenção, a pesquisa permitia a seleção de mais de uma opção nessa questão.

Quando perguntadas sobre novas variantes do Sars-CoV-2, sete a cada 10 entrevistados afirmaram que têm medo da ocorrência delas, mesmo após estarem 100% imunizadas contra o vírus. Apesar desse cenário, surpreendentemente, 52% dos participantes responderam que, após completarem o esquema vacinal, se sentem confortáveis em estar na presença de grupos com mais de dez pessoas.

Ainda assim, os especialistas alertam para a importância de não deixar de lado as medidas de segurança, no intuito de diminuir a circulação do vírus até que a maioria da população esteja vacinada e, consequentemente, a pandemia esteja sob controle.

Ao todo, 1.726 pessoas foram entrevistadas, a maioria do sexo feminino, entre 36 e 45 anos.

Mais em Perfil

Últimas Notícias