Fale conosco

O que vc está procurando?

Saúde

Pessoas de 74 anos começam a ser vacinadas amanhã no DF

pessoas-de-74-anos-comecam-a-ser-vacinadas-amanha-no-df

Idosos de 74 anos foram incluídos na campanha de vacinação contra a covid-19 no Distrito Federal (DF) e começam a receber a primeira dose a partir de amanhã (10). A estimativa é de que haja 10.273 pessoas nessa faixa etária vivendo na capital federal.

O agendamento pode ser feito no site vacina.saude.df.gov.br, ou pelo Disque Saúde 160, opção 6, a partir das 10h desta quarta-feira. No site da Secretaria de Saúde do DF há um passo-a-passo 

A vacinação ocorre em pontos nas unidades básicas de Saúde (UBSs), por drive-thru e outros locais temporários. A lista e os horários de funcionamentos das unidades para imunização também estão disponíveis na página da secretaria. O atendimento pelos drive-thrus será exclusivo para quem fez agendamento. Nas UBSs, que oferecem a vacina, o atendimento será por agendamento e também para quem não conseguiu agendar. A Secretaria de Saúde reforça, entretanto, a importância de fazer a marcação para evitar filas e aglomerações.

O governo do DF iniciou a vacinação contra covid-19 em 19 de janeiro e vem, progressivamente, ampliando o público-alvo da campanha, a partir do recebimento de novas doses de imunizantes distribuídos pelo Ministério da Saúde. Até a noite de ontem (9), o Distrito Federal vacinou 157.364 pessoas com a primeira dose e 59.426 com a segunda.

“O papel da vacina no organismo é estimular a produção de anticorpos que são capazes de frear a infecção ou prevenir formas graves da doença. O imunizante também pode ajudar a evitar hospitalizações sem que as pessoas sofram com a doença e suas sequelas”, destacou a Secretaria de Saúde, em comunicado.

Com a ampliação, os grupos prioritários a serem vacinados no DF passam a ser compostos da seguinte maneira: pessoas com 74 anos ou mais; idosos a partir de 60 anos e pessoas com deficiência que vivem em unidades de acolhimento, e cuidadores que atuam nessas instituições; trabalhadores da rede pública de saúde, em todos os níveis de atenção; trabalhadores dos hospitais privados; povos indígenas que vivem em terras indígenas; pacientes internados em home care privados; pacientes em home care SAD-AC – de alta complexidade, internados em casa, que são assistidos com suporte de ventilação mecânica; pacientes internados no Núcleo Regional de Atendimento Domiciliar (AD2 e AD3 – internados em casa e acompanhados pelas equipes da Secretaria de Saúde); trabalhadores dos serviços de Atenção Pré-Hospitalar; resgatistas do Corpo de Bombeiros.

(Agência Brasil)

Veja também

Saúde

Em 975 cidades brasileiras, há risco de prefeituras e sistemas de saúde ficarem sem os remédios do kit intubação, usados no uso de suporte...

Saúde

Depois de mais de um mês com proibição de funcionamento de atividades não essenciais por causa do aumento da gravidade da pandemia do novo...

Saúde

A entrega regular de vacinas da Oxford/AstraZeneca pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) tem contribuído para dar mais estabilidade à campanha de vacinação contra a...

Saúde

A manutenção da tendência de alta transmissão da covid-19 no Brasil na semana passada (4 a 10 de abril) indica que a pandemia pode...