por videoconferência

Bolsonaro decide participar do encontro do Mercosul

O presidente brasileiro afirmou que não iria para o Paraguai participar do encontro do Mercosul por conta da agenda no Brasil.

Bolsonaro decide participar do encontro do Mercosul
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (Crédito: Andressa Anholete / Freelancer)

Jair Bolsonaro (PL), presidente da República, decidiu que irá participar do encontro do Mercosul que acontece nesta quinta-feira (21), porém, sua presença será por meio de videoconferência, de Brasília. Nesta segunda-feira (18), segundo a CNN Brasil, Bolsonaro afirmou que não iria a Assunção, no Paraguai, por conta de compromissos no Brasil. “Não irei ao Paraguai. […] O que impede são problemas que tem para resolver aqui”, disse ele. 

Publicidade

O presidente brasileiro disse também que apesar de não ir ao encontro “gosta muito” de Mario Abdo Benítez, presidente do Paraguai. No entanto, Bolsonaro precisa gravar um vídeo que será mostrado no momento em que os demais integrantes farão intervenções, logo depois do Paraguai fazer um balanço das atividades do bloco. 

Cúpula do Mercosul

A Cúpula do Mercosul, iniciada nesta quarta-feira (20), discutirão a redução da Tarifa Externa Comum. O bloco acordou uma redução de 10% da TEC, portanto, o Brasil consegue manter redução adicional de 10% até dezembro de 2023. Esta redução valerá para 87% do universo tarifário, permitindo a cada país promover a diminuição de forma flexível, até 2025. 

A Cúpula do Mercosul possui um acordo de comércio de bens e serviços de investimentos para ser assinado até o fim deste ano com a Singapura, a conclusão dessas negociações também devem ser anunciadas. 

 

Publicidade

Publicidade