Homem acusado de roubo na Zara pede ação de 1 milhão

O crime aconteceu no dia 28 de dezembro na Loja Zara do Shopping da Bahia

homem-acusado-de-roubo-na-zara-pede-acao-de-1-milhao
Loja Zara (Crédito: Phil Walter/Getty Images)

Homem negro acusado de roubo na Zara pede ação indenizatória de 1 milhão contra a loja. O homem havia sido retirado do banheiro do Shopping da Bahia, acusado de roubar uma mochila que comprou na loja Zara. Segundo o advogado de Luís Fernandes Júnior, Thiago Thobias, o pedido de ação será no valor de 1 milhão de reais.

Publicidade

Para o advogado somente uma quantia alta para desestimular os autores de práticas de racismo. De acordo com o G1 o advogado afirma “O caráter educativo e punitivo tem que se fazer suficiente para evitar que tais práticas se repitam”. Ainda a defesa de Luís completa “Só uma indenização, em valor suficiente para abalar economicamente uma empresa do porte da Zara, os fará evitar novas práticas de crimes dessa natureza”.

O crime aconteceu no dia 28 de dezembro. Luís havia gostado de uma mochila que olhou no site da loja. Quando chegou na Zara, foi em busca da mochila e deixou no caixa para sacar dinheiro. Ao retornar à loja, realizou o pagamento e saiu com a mochila junto da nota fiscal. O cliente seguiu para o banheiro, onde foi abordado pelo segurança da Zara que chegou a ignorar que Luís tinha o comprovante da compra.

Luís conta que se sentiu humilhado por ser negro. No momento do ocorrido procurou o responsável pela segurança para questionar o tipo de treinamento dos seguranças, mas também foi tratado com desdém. Na época do crime a Zara soltou uma nota dizendo que apura o caso e que uma funcionária havia sido dispensada.