Tubarão ataca criança em praia de Fernando de Noronha

O jovem foi levado imediatamente para o Hospital São Lucas, o único da região, e deverá ser transferido para Recife de avião

Tubarão ataca criança em praia de Fernando de Noronha
Turista de 10 anos, foi socorrido após sofrer mordida no pé (Créditos: Buda Mendes/Getty Images)

Um tubarão na Praia do Sudeste, na ilha de Fernando de Noronha, atacou nesta sexta-feira (28) uma criança de 10 anos. O jovem foi levado imediatamente para o Hospital São Lucas, o único da região e deverá ser transferido para Recife de avião.

Publicidade

Desde 2015 pelo menos oito incidentes com tubarão foram registrados

De acordo com o UOL, o ataque mais grave foi registrado na região, em dezembro de 2015, quando um turista paraense de 33 anos foi vítima na Praia do Sueste, uma das mais conhecidas do arquipélago. O rapaz estava boiando quando recebeu a mordida e perdeu a mão e parte do antebraço.

Um novo incidente aconteceu em dezembro de 2016, na Praia do Leão, no momento em que um turista de 49 anos de São Paulo teve  ferimentos leves depois de um “encontrão” com o animal.

Outro pessoa que foi visitar João Pessoa, no início de 2017, precisou levar pontos na mão depois de tentar agarrar um filhote de tubarão para fazer uma foto na Praia do Sueste. Em janeiro de 2018, um ano depois, um surfista da Bahia teve alguns ferimentos no antebraço após cair de sua prancha em cima do animal no momento em que surfava na Praia da Conceição.

Enquanto surfava na Praia Cacimba do Padre, em fevereiro de 2019, um nativo da ilha de 31 anos sofreu ferimentos no rosto, orelha e pescoço depois que foi atacado por um tubarão-limão.

Publicidade

Outro surfista de Santa Catarina, em março de 2020, teve que levar pontos na perna depois de ser mordido na Praia do Bode, em dezembro do mesmo ano, um homem de 37 anos que vinha de São Paulo e estava na Praia da Conceição foi socorrido com ferimentos no pé.

Em 13 de janeiro de 2021, algumas semanas depois, um homem de 53 anos que estava nadando na Cacimba do Padre e veio do Rio de Janeiro levou pontos também após incidente com o tubarão.